segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Corrida SESI: os 10K que viraram um duathlon

Correr e pedalar tem um nome: duathlon, só que a prova é composta de uma primeira etapa de corrida, ciclismo e corrida novamente. Resolvi inverter os fatores para a Corrida do SESI Etapa São Paulo que aconteceu neste último domingo na região do Pacaembu: como a distância de casa até a largada é de aproximadamente 11 Km, fui de bicicleta, estacionei, corri os 10 Km e voltei de bicicleta mais 11 Km. Tudo bem, nenhum feito heroico, foi só para matar a saudade do Ironman 70.3 (e matar minhas pernas também, diga-se).

Sobre a “estrutura” para guardar a bicicleta, conto mais abaixo, não deixe de ler. Neste ano, a inscrição de R$ 30,00 dava direito a uma ótima camiseta, chip descartável e número de peito. Horário de largada muito bom, 07:30, numa época de clima imprevisível onde o sol pode sair rasgando logo cedo, mesmo com a troca do horário de verão. Largada pontual, percurso muito parecido com outras provas que acontecem na região, pequenos desvios em alguns pontos mas o essencial: correr pela Av. Pacaembu, subir para o Elevado Costa e Silva (Minhocão) e voltar ao estádio.

Primeiro, os elogios (é isto mesmo, “alisa” e depois “bate”, nesta ordem): boa hidratação pelo percurso, caminhantes largando após o bloco de corredores (finalmente!), fácil acesso, filas e mais filas bem rápidas para retirar kit e para o guarda-volumes. Kit pós-prova
composto de 2 lanches salgados (finalmente!) e mais algumas guloseimas, bonita medalha de participação, bem original comparada às que tenho recebido ultimamente. O staff da prova encontrava-se animado pelo caminho e bem atenciosos na largada e chegada.

Reclamação da prova em si tenho apenas uma: a confusão das placas de quilometragem. Acho que queriam fazer uma contagem regressiva, mas não deu muito certo. Ou simplesmente não espalharam direito pelo percurso. Comecei marcando o primeiro quilômetro, desisti de marcar os parciais e só no tapete do Km 5 que consegui avaliar o ritmo. Que aliás, foi bem constante, dos mais ou menos 31 minutos do primeiro trecho para fechar a prova com 01:02:32 (pelo meu relógio).

Mas...

Quando recebi o kit fiquei animado com a possibilidade de ir de bicicleta, uma vez que havia um tíquete dizendo “bicicletário” no número de peito. Este é um percurso que faço às vezes, então já sei quanto tempo demora e como é a altimetria do trajeto. Sem problemas, vai ser um duathlon às avessas, não estou preocupado em chegar lá descansado para fazer tempo na corrida. Saí de madrugada, com tudo escuro graças ao horário de verão, piscando igual a uma árvore de Natal com tanta luz na bicicleta e cheguei ao local por volta de 07:00. Vi que outro atleta chegava de bicicleta e fomos procurar o tal bicicletário. Ao perguntar para uma pessoa do staff, veio a resposta:

- Então, houve um problema...

Problema o raio que o parta, não havia bicicletário algum! Voltei ao guarda-volumes, onde outros atletas de capacete já batiam boca com o pessoal da organização. Fomos informados que ao lado do guarda-volumes não era área de bicicletas e que o bicicletário do Pacaembu é que havia sido disponibilizado para o evento. Fui então até o local, só que algém da organização não sabe que “bicicletário” é uma coisa e “paraciclo” é outra.

Matéria completa no site Ciclocidade explica o que é cada coisa, vou apenas resumir aqui:

- Bicicletário adequado é um local de estacionamento exclusivo de bicicletas, que oferece segurança e conforto ao ciclista.
- Paraciclo é o suporte físico onde a bicicleta é presa, podendo ser instalado como parte do mobiliário urbano ou dentro de uma área delimitada, chamada de bicicletário. (o do estádio é no meio da calçada
)

Ou seja, PARACICLO NÃO TEM SEGURANÇA ALGUMA! Para dizer que não havia segurança, conversei com um guarda que informou ser o vigia contratado para o evento naquele local. Contudo, fui induzido a encontrar um BICICLETÁRIO no local, e não um “U” invertido no chão para amarrar minha bicicleta com correntes! Outros atletas simplesmente deram meia volta e perderam a prova, pois não dispunham de dispositivos para a amarração.

Informação errada, ou induzir o corredor a este tipo de erro, é sinal de desorganização. Ponto negativo para esta prova. Um erro, provavelmente cometido por uma pessoa sem noção alguma de transporte em duas rodas, que sujou o bom trabalho do restante da equipe. Irritado, desmontei uma série de itens removíveis, utilizei duas correntes para amarar quadro e rodas e fui correr, já transtornado pelo fato. Ainda encontrei o colega Ismael do Um Blog para Corredores que também estava na mesma situação que eu, prestes a acorrentar sua magrela ao suporte no chão.

Resumindo, prova boa, mas que teve um stress desnecessário dada a irresponsabilidade de quem criou o tíquete no número de peito ou que cancelou a montagem de um bicicletário adequado. E para total sorte da organização, nada de errado aconteceu com a bicicleta, senão o bicho ia pegar.

14 comentários:

  1. Puxa que estress...zera pra empresa que organizou.

    Bons Kms
    Fabi =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena, a prova foi legal e ir de bicicleta era uma ótima opção. Só que agora tenho que considerar a idoneidade de cada organizador antes de sair de bike para uma corrida.

      Bons treinos!

      Excluir
  2. Que dureza Rinaldo.
    Essa do bicicletario sacaneou legal.
    Mas a corrida em si, foi boa pelo jeito, não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a corrida foi ótima, só que é chato correr depois de passar stress por bobagem.

      Abraço!

      Excluir
  3. Parabens Rinaldo otima iniciativa ir de bike , eu faço isso as vezes no Paca, alias vc corre ate melhor quando vai pedalando, eu percebo isto, falha feia do evento, mas o kit lanche é o melhor !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, o ritmo de início de prova é outro quando se está aquecido, só não dá para fazer uma dessas em maratonas! E o kit foi bom, pelo menos o lanchinho diminuiu a irritação.

      Abraço!

      Excluir
  4. Respostas
    1. Pois é, tinha tudo para ser uma prova perfeita.

      Abraço!

      Excluir
  5. Caramba heim Rinaldo! Cada coisa que acontece né? Mas, ainda bem que não aconteceu nada com a bike e vcoê ainda fez uma ótima prova.
    Parabéns.
    Grande abraço e tudo de bom.


    tutta/Baleias/PR
    www.correndocorridas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Tutta! Não é só aquela tal organizadora que conhecemos que pisa na bola de vez em quando.

      Abraço e bons treinos!

      Excluir
  6. Tive dois amigos que correram essa prova e também não curtiram o erro das placas de kilometragem, mas apesar disso, gostaram muito do percurso e do kit. Agora que falta grave essa questão das bicicletas em. Vermelho para a organização.

    www.temposminimos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que mais gente se perdeu com aquelas placas, pensei que fosse só eu que não estava entendendo. Realmente a prova foi legal, espero que acertem estes detalhes nas próximas.

      Abraço!

      Excluir
  7. Nossa Rinaldo que palhaçada desses caras, será que eles acharam que ninguem iria se importar com isso.

    Parabéns pelas pedaladas e pelos KMs Corridos.

    Forte Abraço

    Léo
    pisandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Léo, vamos esperar que nas próximas corridas (deste e dos outros organizadores) só anunciem a estrutura quando realmente existir.

      Bons treinos!

      Excluir