terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Combinado não sai caro... se for cumprido

Em primeiro lugar, vamos deixar claro algumas coisas:

1 – eu não sou formado em nada ligado ao Direito, minha formação é na área de Tecnologia da Informação (graduação e pós), então não sei os pormenores da lei para apresentar fatos irrefutáveis.

2 – sou consumidor, e trabalhando nesta área onde tenho formação, não é fácil ganhar meu suado dinheirinho, pagar minhas contas e ainda gastar com minhas diversões, tipo a corrida de rua.

3 – posso até ter cara de idiota para algumas pessoas, posso até ser, mas não levo desaforo para casa no papel de consumidor.

O assunto desta semana, como todos já sabem, são as mudanças na Maratona de São Paulo 2013, que até o momento só desagradaram os corredores, pelo menos é a conclusão que se chega ao observar os comentários nos blogs e redes sociais. Muita gente estava treinando, muita gente se programando, e o pior, muita gente já havia pago a inscrição da prova que deveria acontecer no dia 28/04. E do nada, com mais uma das incontáveis explicações estapafúrdias do organizador, a empresa Yescom, a prova foi alterada para 03/10 prometendo novo percurso e novidades.

Vamos pensar em alguns aspectos desta mudança:

Treino

Eu não sou lá muito rápido e nem tenho pretensão de ser, aliás, algumas das minhas maratonas foram completos desastres por falta de planejamento ou planos alterado por motivos de trabalho. Mas tem gente que mesmo não vivendo do esporte para sua sustentação, investe em treinadores, planilhas e muito suor para chegar tinindo no grande dia. Ah sim, maratona não é corridinha de 10 Km que tem todo final de semana (não me leve a mal, eu adoro e respeito a distância, mas tem muitas), existe todo um ritual para percorrer a mítica trajetória de 42.195 metros entre a placa de largada e o tapete de chegada.

E então, como fica o respeito ao atleta, amador ou profissional, que fixou na porta da geladeira o calendário com uma marca vermelha no dia da prova? Talvez você seja do tipo que quando alguém fala “vamos correr uma maratona?” bate com os punhos no próprio peito, sai imediatamente urrando e engatado, mesmo se estiver vestindo aquela Conga azul marinho, mas muita gente precisa de tempo para chegar até esta prova.

Resumindo: falta de respeito com quem se prepara.

Deslocamento

Já corri a Maratona do Rio 3 vezes e a de Curitiba no ano anterior, e não é simples se deslocar até outra cidade para uma corrida. Você precisa pensar em transporte, traslado, acomodação, distância até a largada e até se a comida do local não vai te fazer mal. Ou seja, novamente as pessoas precisam se planejar e abdicar de alguns luxos, sem contar marcar férias ou até cancelando outras viagens.

De novo: desrespeito ao atleta de fora da cidade, como espera-se que a prova cresça?

Seus direitos

Eu não compro nada, produtos ou serviços, pela Internet sem dar um “print” em TODAS as telas até o momento final de receber o que foi comprado. Quer um exemplo? Na semana passada fiz uma compra em uma grande loja de esportes pela Internet e o produto constava como frete grátis em todas as páginas. Ao fechar a compra, fui cobrado em R$ 18,00 de frete. Imediatamente enviei as telas para a loja e eles já providenciaram o estorno.

Com as corridas de rua não é diferente, eu guardo todas as publicidades, tipo esta aí do lado e todas as telas na compra e o melhor de tudo, o regulamento da prova. Quer queira ou não, pagar a inscrição de uma corrida de rua é um ato de consumo, portanto o fornecedor de serviços irá responder pelas implicações de não entregar o que foi comprado.

Quando participei do Campeonato Paulista de Duathlon da Brasil Fit, na semana da prova recebi uma informação que o percurso havia sido alterado. Não concordei e solicitei ao organizador o reembolso. Fui contatado pelo responsável pelo evento, que esclareceu que as mudanças visavam melhorias e segurança e gentilmente convidou-me a experimentar, mas não se negou a devolver os valores da inscrição. Ponto positivo para eles, evento muito bem organizado e ganharam minha confiança.

A saber: se eu tivesse feito a inscrição, já estaria pleiteando meu reembolso.

Percurso

Ah mudou, que legal, larga e chega no mesmo ponto... mas continua com a maldita Av. Politécnica no trajeto! Caramba, tanta alteração e não dava para repensar neste trecho inóspito?

Pronto, falei.

Minha modesta opinião

Estou muito chateado com esta estória por alguns motivos:

- já estava prestes a fazer a inscrição para a Meia Maratona de São Paulo, do mesmo organizador. E se alterarem alguma coisa? Em suma, perdi a confiança.

- a nova data sugerida para a Maratona de São Paulo é apenas uma semana após a Maratona de Florianópolis, a qual eu gostaria de participar neste ano. Apesar de ainda não ter providenciado hospedagem e inscrição, minha preferência cairá sobre esta última, portanto, na minha própria cidade, eu não vou participar do único evento de 42 Km.

Este post não é um ataque a este ou qualquer outro organizador de provas. Mas é para deixar claro que nós corredores não vamos aceitar gratuitamente o que aconteceu com a Maratona de São Paulo neste ano.

É só para dizer: terá consequências.

14 comentários:

  1. Complicado mesmo a situação Rinaldo.

    Aproveitando, gostei da sua dica de "printar" as telas nas compras pela internet. Nunca tinha pensado nisso.

    E quanto mais a corrida crece no Brasil, mais os organizadores pisam na bola.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem mais o que dizer a respeito, a corrida como está caracteriza sim uma relação de consumo. E como tal, o fornecedor de serviços responde pela oferta e publicidade. Aconselho guardar sempre o regulamento em formato PDF, pode ser de grande ajuda ao pleitear um reembolso.

      Abraço!

      Excluir
  2. Pisaram na bola feio fiquei puto da vida, treinei em cada dia quente , mas vou continuar na Meia de SP pois ja me inscrevi, vou aproveitar a entrega do Kit pra falar poucas e boas pra eles....Ja consultei a prefeitura não existe nada que impediria a corrida acontecer na região...., vai ter a corrida das pontes, a asics golden four, tudo por ali, ninguem mudou a data....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também estava aumentando minha quilometragem visando entrar nos trilhos até lá, mas sinceramente, não quero mais participar desta prova. Talvez ainda faça a inscrição para a Meia de SP, mas sem muito compromisso.

      Como você disse, tem outras provas, eles que se cuidem.

      Abraço e continue treinando!
      (e não esquece de me avisar quando for pedalar aqui na região!)

      Excluir
  3. www.temporecorde.com.br

    confira novas provas!

    valeu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pelas dicas, com certeza vamos encontrar outras opções para correr!

      Excluir
  4. Respostas
    1. É mais ou menos isso que os corredores estão dizendo... quer dizer, alguns estão bem revoltados.

      O jeito é ter sempre um plano B, o organizador é reincidente neste tipo de mudanças de última hora.

      Bons treinos!

      Excluir
  5. Claudio, apesar de eu odiar a Yescom, fiquei sabendo que a mudança de data foi um pedido da prefeitura devido a obras no local (se não me engano serão obras do metrô) e a Yescom assumiu a culpa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá William,

      A estória não está muito bem contada, já que era para alterar o percurso devido às obras, então que mantivessem a data. Já outro corredor informou ter verificado com a prefeitura e não ter nenhuma restrição. Como eu disse, estória mal contada.

      Mesmo assim, o que importa é correr, não deixe de treinar!

      Abraço!

      Excluir
  6. Rinaldo,

    É inegável que existe uma falta de respeito com quem se planeja e determina correr uma Maratona. Acho que muita gente saiu perdendo com esta mudança.

    abraços

    Helena
    correndodebemcomavida.blogspot.com
    @correndodebem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fala, apesar de eu não ter lá grande performance, mas até que queria ir bem nesta edição. Na outra data pretendo estar aí na sua cidade e encarar a Maratona de Florianópolis.

      Bons treinos e quem sabe a gente se vê lá!

      Excluir
  7. É um desrespeito mesmo. Compartilho da sua insatisfação. Me inscrevi para correr uma prova em Monte Mor, dia 17/03, e a organização infelizmente suspendeu as inscrições porque haverá mudança no dia da competição. A medida em que não houver respeito com os corredores, o esporte perde a credibilidade para os novos adeptos.

    Abraços e bons treinos!

    Paulo
    Corre Coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo, como eu até já mencionei antes, a forma como as corridas são oferecidas para nós amadores caracteriza uma relação de consumo. Se o organizador (fornecedor de serviços) descumpre a oferta, deve responder perante à lei. Nunca precisei chegar até este ponto, mas como eu relatei, tenho comprovante de tudo que "contrato" para participar dos eventos caso seja necessário.

      Abraço e bons treinos!

      Excluir