segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Meia Maratona de São Bernardo do Campo: pauleira total!

Existem provas em que arriscamos uma vez e advinha, passam a fazer parte do calendário anual. Esta é mais uma delas, a Meia Maratona de São Bernardo do Campo, cidade vizinha de São Paulo e que recebe os corredores uma vez por ano para enfrentar um relevo dos mais agressivos na distância. Organizada (muito bem, diga-se) pela Corpore, a prova já está na 11ª edição e espero que tenha vida longa.

A arena é montada dentro do ginásio de esportes da cidade, com ampla área de estacionamento e muito espaço para que os corredores se arrumem nas arquibancadas do local. Neste ano alguns guardadores de carros (os malditos “flanelinhas”) tentaram encher a paciência na área do estacionamento, mas a guarda metropolitana botou ordem no pedaço logo cedo.

Um ponto muito forte desta prova é o valor da inscrição: R$ 55,00 para associados Corpore, R$ 65,00 para não associados e R$ 40,00 para os moradores do município. O kit é simples, apenas camiseta, número de peito, chip comum e alguns folhetos de patrocinadores, mas já está de bom tamanho. Hidratação a cada 3 Km com água e boa estrutura de sinalização ao longo do percurso. Na chegada, kit com lanche e frutas, água e é claro, medalha. Mais uma vez fica a sugestão de manter medalhas diferenciadas para as provas de 21,1 Km e 5 Km, além da data da prova na medalha.


O percurso é um sobe e desce total. Lembrou muito a Maratona de Curitiba por fazer um caminho extenso e que leva o corredor até um ponto distante da largada e pelo relevo desafiador. Também lembrou a prova paranaense pela falta de educação de alguns motoristas que faziam cara feia, buzinavam e discutiam com os agentes de trânsito, querendo a qualquer custo passar pelo percurso da prova. Tem gente neste país que só porque tem um carro... pensa que é “gente”!

A “Brigadeiro” de São Bernardo do Campo

Existe um evento, supostamente esportivo, que acontece no final do ano aqui em São Paulo e que tem como ponto crucial a subida da Av. Brigadeiro Luiz Antônio na região central da cidade. Mas lá em São Bernardo do Campo o que derruba qualquer um é a Av. Piraporinha. Funciona assim: ao dobrar a esquina após a placa do Km 13, você tem a sua disposição 3 Kms de reta no plano, ou seja, senta a bota e aproveita.


Só que quando você vira a esquina do Km 16... São 2 Km de subida, dos 725m até os 765m. Para aliviar, tem sempre um pessoal lá pelo Km 16,5 distribuindo laranjas cortadas. Demais, vem bem na hora! Parece até brincadeira, pois no final da subida só vai restar o bagaço (você e a laranja, é claro).

Perfil do Pipoca

(a foto está propositalmente distorcida para não identificar o cidadão)

Celular: R$ 1399,00
GPS: R$ 899,00
Tênis último modelo: R$ 599,00
Óculos: R$ 949,00
Correr de graça: não tem preço (não tem mesmo, ele não pagou inscrição!)

Então, com toda esta tralha, não sobrou R$ 65,00 para fazer inscrição? É safadeza mesmo, quer correr e aproveitar a estrutura da prova de graça, demonstração clara de falta de respeito com os demais.

Por outro lado...

Nos últimos 2 Kms da prova tive a satisfação de correr junto ao colega aí da foto, o Luiz. Observe que ele traja um colete do organizador e teve a paciência de explicar sua função no evento: ele corre a uma velocidade pré-determinada durante todo o percurso e munido de rádio, avisa as unidades médicas caso encontre algum corredor necessitando de auxílio.

E então, entendeu agora o motivo das provas não serem “de grátis” como muitos acham que deveriam ser?

Caro colega, parabéns pela sua dedicação, muita sorte em sua estreia na Maratona como você me contou e espero revê-lo nas próximas corridas!

Em um mês, 100 Km de provas!


Acho que vou tirar as próximas semanas para pedalar aos domingos.

Ainda tive a oportunidade de encontrar o xará Claudio Dundes do blog Cia. Ex-Sedentário que não via desde a última edição desta prova. Leia os relatos dele e descubra o que é dedicação para perder peso!

Sem contar com o trajeto plano da semana anterior na Golden Four, eu já sabia que o tempo iria aumentar um pouco, terminando com 02:27:26, dentro do esperado, já que eu projetava para 02:30:00. Nada de recordes, estou em modo conservador ultimamente, por diversos motivos. Com coxa esquerda doendo, joelho direito dolorido e pouco sono na noite anterior, até que não saiu tão mal.

Eu poderia estar roubando, poderia estar matando... mas estava lá correndo!

14 comentários:

  1. Rinaldo muito bom seu relato. Adorei as fotos de ênfase no pipoca mal educado. Oh povinho!
    Gostei :D
    bjao
    Vanessa Torres

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, a questão é falta de educação mesmo.

      Boas corridas!

      Excluir
  2. Parabéns pela meia e pela quadra de provas em julho e agosto, Rinaldo. Esta de SBC está na minha caixa de "um dia vou".

    Abraço e até qualquer corrida dessas por aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Namiuti, esta prova vale a "viagem", ano que vem a gente se vê lá.

      Abraço e bons treinos!

      Excluir
  3. Essa prova me faz matar a saudade de São Bernardo, por isso gosto tanto do percurso, prazer revê-lo, obrigado pela citação e vamos combinar os pedais!!!!

    Abraço do Claudio Dundes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Percurso duro mas muito legal, foi uma satisfação encontrá-lo novamente lá!

      E vou te cobrar marcarmos o pedal, nem só de corrida vive o corredor...

      Bons treinos!

      Excluir
  4. Parabéns Rinaldo por mais uma corrida e pela postagem !!
    Essa prova também entrou definitivamente no meu calendário de corrida, uma boa prova custo beneficio.
    Um abraço e bons treinos !!!

    Fernando Moura
    www.vivendoavidacorrendo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Fernando! Com certeza esta não sai do calendário, imperdível!

      Bons treinos!

      Excluir
  5. Rinaldo, parabéns pela grande marca, 100km em 4 provas seguidas não é para qualquer um!

    Abs
    Rodrigo Lucchesi
    http://revistacontrarelogio.com.br/blogs/linhas-de-chegada/
    @rdlucchesi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Rodrigo! Foi meio "a granel" mas valeu a pena!

      Boas corridas!

      Excluir
  6. Mas que bizarra sua última frase! Possui algum transtorno de personalidade para dizer que poderia estar matando ou roubando? Que medo! Afinal, a gente pode fazer tantas outras coisas ao invés de correr e vc citou duas contravenções. Este ano estive como vc, correndo 100K de prova num mês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, não se preocupe, a frase é daquele pessoal que gosta de justificar comércio ambulante, e eles dificilmente estariam fazendo as outras atividades também. A única coisa que eu poderia estar "matando" seria tempo, mas resolvi correr!

      Muito bem, parabéns pelos 100K!

      Excluir
  7. É uma pena mas parece q essa prova vai declinar. Em 2014 não será a CORPORE quem organizará. a inscrição é R$ 70,00 mas não devo participar... o receio de cancelamento no dia é grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos esperar que sem a Corpore a prova consiga manter o mesmo padrão dos anos anteriores. Segue link para inscrições:

      http://www.meiamaratonasaobernardo.com.br/

      Excluir