segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Circuito Athenas SP, Etapa III: final feliz

Cedo... muito cedo. Mas é assim que tem que ser, quer correr vai ter que madrugar! No meu caso, o relógio tocou às 04:30 de uma manhã de domingo, mas fazer o quê, não é todo dia que tem meia maratona, então o sacrifício é válido. Fechando o ciclo de corridas evolutivas em distância, o Circuito Athenas teve sua última etapa do ano em São Paulo neste último domingo (ainda resta a etapa do Rio), com percursos de 5, 10 ou 21 Km. E como não poderia deixar de ser, fui para minha última meia maratona do ano, a 5ª., novo recorde de provas nas distância em um único ano.

A retirada de kits ocorreu em uma loja de esportes na região de Pinheiros, tudo muito bem organizado e com vários dias para que o corredor encaixasse o melhor momento na agenda. Sem atropelos ou filas, recebi camiseta, número, chip e sacolinha, além do tradicional desconto em produtos Saucony na loja. No dia da prova, é só ir até a largada, vejamos, pelo mapa do Google, 38,5 Km de onde moro... para a largada às 07:00 da manhã!

Na véspera da prova, um e-mail completo com todas as informações que o corredor precisava para se organizar, incluindo estacionamentos, interdição de trânsito, transporte público e estrutura da arena. Por morar ao lado do Metrô, resolvi ir de transporte público, já sabendo que o trânsito na região do estacionamento seria pesado.

Corredor de Ônibus? Não, Corredor de Trem!

Você entendeu errado, ninguém vai pintar faixas no chão para o trem, deixa para a administração pública continuar a arte nas vias públicas, fazendo de conta que isto resolve o trânsito. Não, eu quis dizer que o corredor não vai de ônibus, o corredor vai de trem, sacou?

Só que a CPTM, companhia que administra os trens, acredita que o passageiro tem bola de cristal e não avisa que apenas uma plataforma estava operando na estação de embarque. Resultado, eu fui um dos que ficou olhando o trem partir achando que estava na plataforma certa. Corredores (eu entre eles) chegando praticamente na hora da largada, este foi o cenário.

Ligando os motores

Por sorte a largada foi levemente
atrasada para contemplar os que ainda chegavam, como era o meu caso. Uma pena, a ideia de uma prova longa começar cedo é exatamente não criar problemas para o trânsito e aproveitar as primeiras horas da manhã, que aliás, prometia um sol e tanto.

Percurso reto até a Ponte Estaiada, onde as únicas subidas são as alças de acesso, que não são brincadeira para as pernas. Cruzamos o (fedorento) Rio Pinheiros duas vezes, correndo dos dois lados da Marginal, um cenário bem legal, dado o belo dia que já estava fazendo. Só que a beleza traz também o sol, que começou a castigar os bonés e couros cabeludos por volta de 08:00 da manhã. Percurso plano? Não é bem assim...


Ótima hidratação, apenas uma pequena falha no Km 10, onde não havia mais água nas bancadas, mas deu para aguentar até o próximo posto. Reta da Marginal para voltar ao ponto de partida e missão cumprida, após 02:16:58, com torpedo enviado pelo site da organização. Epa, outro recorde pessoal? Sim, por incrível que pareça, pouco mais de 1 minuto da minha modesta melhor marca nos 21,1 Km, já está de bom tamanho!

E olha o presente...

Passando no estande da Saucony, por estar munido de meu Kinvara 2, fui presenteado com este kit dos produtos da marca. Ótimo tênis, leve e com excelente acabamento, ainda tive tempo de conferir seu sucessor e os outros modelos, mas sabe como é, estou proibido de comprar mais pares por um bom tempo...

Pipocas vem em sacos, e eles enchem, como enchem!

É incrível a quantidade de “pipocas” que se observa em um prova como esta. Sou contra correr sem inscrição, esta é minha opinião e defendo até o final. Quando não tenho condições ou não quero pagar uma prova, simplesmente não vou. Mas tem gente que acha que o evento é aberto, só porque está na rua.

Porém nota 10 ao organizador, onde ao final um paredão de staffs tirava os pipocas para fora da área de kit e medalhas. Ainda tive a oportunidade de ver um engraçadinho discutir com o staff, que com a maior educação negou a medalha. Aí sim, tem que por ordem na casa mesmo!

Balanço final

Excelente prova, linda medalha, organização muito boa, staff muito bem treinado. O pequeno lapso da hidratação no Km 10 não pesou no resultado final, todo o resto foi muito bem executado.

Fica o agradecimento ao pessoal da Iguana Sports pelo convite e espero que o Circuto Athenas continue no calendário para os próximos anos!

10 comentários:

  1. Parabéns Rinaldo por ter completado esse ciclo, ainda mais com recorde pessoal na distância. Sobre os "pipocas", compartilho da mesma opinião, acho que os "não inscritos" não percebem que acabam atrapalhando, mesmo que indiretamente, aqueles que pagaram.

    Gosto das provas cedo, desde que o transporte público esteja em ordem, senão compromete toda a nossa logística.

    Bons treinos!

    Daniel Gonçalves
    www.correndoassimmesmo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Daniel!

      Esta tendência de provas cedo está crescendo, muitas de 10 Km já passaram para 07:30, e as distâncias maiores já arriscam 07:00. Eu também prefiro desta forma, acorda-se um pouco mais cedo, mas o dia rende bem mais.

      Quanto aos pipocas, bom, já disse o que eu penso...

      Boas corridas!

      Excluir
  2. Kit da Saucony !!! UHU !!!!!
    Parabens por mais uma meia.
    Agora, pipoca querer ganhar medalha é demais.
    Já ouvi dizer que até em corrida só para mulheres é assim. É muita cara de pau.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu André!

      Pois é, imaginava um squeeze e ganhei um kit e tanto! Prova que a marca trata o atleta com respeito.

      E só vendo mesmo para acreditar, o cara queria discutir com o staff para ganhar medalha!

      Bons treinos!

      Excluir
  3. Primeiro, Parabéns pelo RP, madrugar é pra malucos mesmo, e somos todos, em dia de prova nem a soneca do despertador é usada, que complicado isso do transporte deveria ter sido avisado, menos mau que não comprometeu muito e não chegou tarde para a largada, mas isso deve incomodar um bocado, em prova longa um sol forte na cabeça judia mesmo, pipocar é algo que incomoda e as pessoas não percebem isso, atrasa o ritmo, acaba com a estrutura que se prepara para um determinado numero de atletas. enfim, cada um na sua, mas eu não pipoco é contra os meus princípios.
    Bons treinos
    Boa semana
    Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu prefiro provas bem cedo, ainda mais nesta época do ano, do meio da prova para a frente o sol saiu com toda a força. Sobre o transporte, deixa pra lá, melhor nem se estressar.

      Que bom que você concorda comigo (e com os outros leitores) sobre os pipocas. O evento não é "free", a rua é pública mas foi cedida ao organizador ao preço de altas taxas da Prefeitura, nada mais justo do que cobrar do participante.

      Boas corridas!

      Excluir
  4. Que lega l Rinaldo.
    Pena que não tem dessas provas aqui em Curitiba. Vou ter que subir o mapa para poder participar de alguma por aí.
    Grande abraço e parabéns pelo presente da saucony.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, se pintar um Circuito Athenas em Curitiba, aí quem vai sou eu! Mas pode vir no próximo aqui, será bem-vindo.

      Abraço e bons treinos!

      Excluir
  5. Parabéns pelo resultado, vou correr a Mexa-se também, sou aqui de São Bernardo.
    Fiquei sabendo que este ano não vai ter a VW Run, vai ver a montadora não esta vendendo muito carro né...rsrsr
    grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Laercio!

      Espero que a gente se veja lá na Mexa-se, estarei com o "uniforme" de sempre. E que pena sobre a VWRun, é uma prova que eu participo desde a primeira edição, realmente muito triste não ter este ano.

      Abraço!

      Excluir