sábado, 22 de agosto de 2009

Vai para Miami? Traga-me um par de tênis!

Lembra quando você ficava à caça de parentes e amigos com viagem marcada para Miami, a fim de encomendar todo o tipo de bugigangas que aqui não existiam ou tinham preços absurdos? Lembra dos tênis FarWhite (nem lembro se é assim que escreve) brancos com uma estrela, duas faixas e solado verde que vinham diretamente do Paraguai? Esta época está prestes a voltar...

O governo decidirá nesta semana a respeito de uma sobretaxa de US$ 25,99 sobre os modelos importados da China, mas este valor pode chegar no futuro até 50% a mais no valor final de um par de tênis. Veja só, hoje você já tem que desembolsar R$ 500,00 para comprar um modelo top da Nike (Vomero+ 4), então vai ter que pagar uns R$ 750,00 no futuro. Veja a matéria completa no UOL, se quiser realmente ficar irritado.

Alternativas:
1) você abaixa a cabeça, aperta o orçamento, pede aumento do limite do cartão de crédito, parcela em 10 vezes e tudo continua do jeito que está
2) você arranca as calças de moletom e pisa em cima, continua com o mesmo tênis até a sola estar mais fina que uma folha de papel e arranja uma lesão que te afasta por 6 meses da corrida.
3) você não vota mais nestes imbecis, pois tenho certeza que este assunto não será "arquivado" como outros que estão na mídia política neste momento.

Com todo o "boom" que estamos vivendo no mundo da corrida, pessoas adquirindo o vício saudável de praticar atividades físicas e assumindo uma vida saudável, uma notícia dessas é, literalmente, um tiro no pé.

Bom final de semana e bons treinos!
(com aquele tênis que vai durar muito tempo...)

3 comentários:

  1. é um absurdo isso. esse país não tem mais jeito, as coisas só aumentam de preço, só sabem criar juro, taxas, impostos,... e o salário só diminui.

    como eu, uma pobre estudante, vou manter meus tenis de alto rendimento. eu nunca consigo ter os modelos mais atuais pois são muito caros, agora então, impossível, ter modelos bons.

    ResponderExcluir
  2. Boa Rinaldo,

    Eu já tinha lido sobre isso em algum lugar, mas não pensei que realmente levariam o assunto adiante (de tão absurdo que ele parece).
    Mandei um email para a Corpore, que acredito ser a entidade que melhor poderia representar os corredores (pelo menos de São Paulo), pedindo que eles se posicionem contra essa medida e eventualmente utilize seus eficientes canais de comunicação para divulgar e organizar os corredores contra essa arbitrariedade.

    Um grande abraço,

    Wagner - http://corronarua.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. ae gostei muito do seu blog...........
    bem educativ0
    http://eusoupresidente.blogspot.com/

    ResponderExcluir