sábado, 31 de janeiro de 2009

Team Asha

Na busca por um Wallpaper diferente para a minha tela (e que agora eu compartilho com você), encontrei esta bela foto da equipe Team Asha, uma entidade que usa a corrida nos EUA para levantar fundos para a educação das crianças da Índia.

Com tanta corrida de rua no Brasil, bem que a moda poderia pegar aqui também, não é?


"Nunca está tão quente. Nunca está tão frio. Você nunca está tão cansado. Você nunca está tão ocupado. Coloque seu tênis e vá correr!"

(Clique para visualizar a foto e na tela seguinte clique com o botão direito do mouse, escolhendo salvar em seu computador ou diretamente como plano de fundo de seu desktop.)

Aproveito para colocar um vídeo do YouTube, onde é possível conferir a participação da equipe nas provas.


A corrida é um esporte individual, mas não é por isso que não pode ser solidário.

Visite: Team Asha

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Troféu Cidade de São Paulo Carrefour Viver 10 KM, 2009

Como sempre, uma prova muito legal para comemorar o aniversário da cidade de São Paulo. O tempo ajudou (muito!), com o sol aparecendo só lá pelas 8h40, quando a maioria já estava na parte final do percurso de 10 Km.

Além do que pode ser conferido nos principais portais sobre a prova (Webrun, Ativo, etc.), eu vi duas situações que me chamaram a atenção:

Exemplo de solidariedade: apesar de não ser uma prova da Corpore, eu vi em um determinado percurso um Guia Voluntário Corpore devidamente uniformizado correndo junto à uma pessoa com deficiência (aprendi ontem que não se usa mais "portador" e sim "pessoa", o que é justo). Bonito exemplo, espero que seja visto em mais provas.

Exemplo de mau caráter: quando fui pegar minha medalha e kit, algumas pessoas estavam reclamando que já haviam entregue o chip para um sujeito que estava fora das baias de retirada, ou seja, alguém se fez passar por organizador da prova e recolheu chips indevidamente. Lembre-se: entregue sempre seu chip quando receber sua medalha e/ou kit, e somente para pessoas uniformizadas do evento!

O percurso um pouco diferente das demais provas que ocorrem na região do Parque do Ibirapuera já ajudou a diversificar um pouco, e aquela imagem da Av. 23 de Maio, tomada não pelo congestionamento, mas por 8 mil corredores, é fantástica!

No mais, meu tradicional 06:25 min/km, sem dores desta vez.

Até a próxima!

sábado, 24 de janeiro de 2009

Bolsa-Atleta

Você já ouviu falar do programa Bolsa Atleta do Ministério do Esporte? Pois é, eu também não, até ontem, quando vi um anúncio naquelas televisões dos trens do Metrô.

Conforme a página do programa, o objetivo é:

"Garantir uma manutenção pessoal mínima aos atletas de alto rendimento, que não possuem patrocínio, buscando dar condições para que se dediquem ao treinamento esportivo e participação em competições visando o desenvolvimento pleno de sua carreira esportiva.

Investir prioritariamente nos esportes olímpicos e paraolímpicos, com o objetivo de formar, manter e renovar periodicamente gerações de atletas com potencial para representar o País nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos."

Uma iniciativa muito importante, infelizmente pouco divulgada, mas que poderia ajudar a identificar e treinar os próximos Marilsons e Vanderleis do nosso esporte.

Para maiores informações, visite o site do Ministério do Esporte e clique no link do programa Bolsa Atleta.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Menos estrangeiros nas provas?

Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) vai limitar o número de estrangeiros nas corridas de rua no Brasil, diz a notícia publicada hoje no UOL (leia aqui).

Acho isto ridículo, afinal, estamos tentando ofuscar as estrelas de fora para fazer as daqui brilharem mais? Ora, vamos incentivar o esporte e descobrir novos talentos, capazes de enfrentrar o nível técnico dos atletas de outros países. Assim, conseguiremos transformar provas como a São Silvestre e a Volta da Pampulha, além das maratonas, em eventos realmente internacionais.

Uma corrida internacional, não importando onde ocorra, gera uma série de incentivos e traz divisas para a o município, além de colocá-lo no mapa das grandes competições. Já não chega o fato dos prêmios serem baixos para que os atletas de elite venham às nossas competições, agora também teremos medidas restritivas oficiais...

Tenha dó, estamos atacando o problema e não a causa, como sempre!

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Troféu Cidade de São Paulo 2009

Hoje é o último dia para inscrição no XII Troféu Cidade de São Paulo Carrefour 10 Km, promovido pela JJS Eventos e que acontece neste dia 25/01, aniversário da cidade de São Paulo . As inscrições somente poderão ser feitas na sede da própria JJS, ou seja, quem deixou para a última hora vai ter que perder o conforto de fazer pela Internet ou demais postos.

A corrida costuma ser muito bem organizada, apesar do já conhecido circuito Ibirapuera-Av. 23 de Maio-Av. Republica do Líbano, sendo o diferencial apenas o sentido da prova, que começa na Av. Ibirapuera e após o retorno na Av. República do Líbano entra em sua fase final. Nas provas Corpore e Yescom geralmente este retorno é logo no início, lá pelo Km 3, e o terrível trecho de sobe-e-desce da Av. 23 de Maio fica para a segunda parte da prova.

Quem sabe assim eu não consigo melhorar meu tempo...

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Frase do dia

"Ou você se compromete com objetivo da vitória, ou não."
Ayrton Senna

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Ultramaratona Corpore em Março?

Calma, é brincadeira! Errar é humano e eu também digito muita coisa errada, inclusive aqui no Número de Peito (mesmo revisando, sai bobagem publicada de vez em quando...).


O engraçado é que hoje cedo o site da Corpore noticiava a corrida de abertura, cujo percurso é de 12 Km, como 72 Km...

Erros de digitação acontecem, mas o que torna este interessante é que a prova deixaria de ser uma simples corrida de rua e se transformaria em uma Ultramaratona!

Muito bem, a Corpore já corrigiu o erro e aguardamos com ansiedade esta que é uma prova simplesmente fantástica, não só pelo clima de festa pela abertura oficial do circuito, mas pelo prazer de correr na USP novamente.

(ah, com 12 Km, ok?)

4a. Corrida Oral-B

Começamos 2009 muito bem, pelo menos nas corridas da Corpore! Como sempre a prova foi super organizada e o percurso muito legal (OK, eu moro na Zona Norte, estou acostumado com as ruas do circuito).

O tempo até que colaborou, não fez sol e também não choveu, apesar de tudo indicar que teríamos muita água de manhã.

Em particular, fiquei feliz por não ter tido dores no pé (como relatei na São Silvestre), o que já é uma vitória. Meu ritmo é o de sempre, 6:00 ou 6:30 por Km, e não tenho necessidade de correr mais rápido que isto. Meu desafio para este ano é manter este ritmo em competições de maior distância.

Bons treinos!

sábado, 17 de janeiro de 2009

Oral-B: camisa bonita...

OK, acho que eles atenderam o meu pedido ! (é brincadeira, naturalmente)

A camiseta cor-de-flúor deste ano da prova Oral-B é um pouco mais azul que a do ano passado. Melhor, como ainda não está na hora de doar a de 2008 (a de 2007 já foi), então as duas podem coexistir pacificamente na gaveta.

Lembre-se: pratique desprendimento, doe suas camisas de corrida mais velhas ou que você não gosta, ou como no meu caso, aquelas que você ganhou dúzias iguais...

Bom final de semana a todos!

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Oral-B: primeira corrida Corpore 2009

Ainda não é a abertura do Circuito Corpore (esta será somente em 01/03), porém a Corrida Oral-B Prevenção do Câncer Bucal, agora em sua 4a. edição, já é uma prova traicional de início de ano em São Paulo.

O percurso é todo plano, praticamente contornando o Aeroporto do Campo de Marte, Zona Norte da capital. São 7 Km e neste ano não há uma caminhada (meio sem sentido, diga-se) de 1,5 Km. Como sempre a organização da Corpore já é um ponto forte.

Críticas:

1) de novo tem que retirar o kit na sede da Corpore? nem todo mundo passa pela região do Ibirapuera, o rodízio já voltou e o trânsito está piorando. Já reclamei, mas não adianta, parece que a moda pegou.

2) de novo esta camiseta azul-bebê? participo da prova desde a edição de 2007 e mais uma vez teremos uma camiseta cor-de-flúor (ah, a prova é patrocinada por uma empresa do ramo de saúde bucal!). Mesmo assim, uma variaçãozinha não seria ruim.

Boa prova a todos!

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Meus 5 minutos de fama

Se tem um lugar que eu adoro correr aos domingos pela manhã é o Elevado Costa e Silva, conhecido aqui em São Paulo como "Minhocão" (e os habitantes das outras cidades, especialmente cariocas e mineiros, adoram fazer piadinhas infames sobre nós paulistas e este local...)

Vamos aos fatos: é um local indispensável para o trânsito da cidade durante a semana, ligando as regiões oeste e leste através do centro, apesar de seus congestionamentos contanstes.

Como a pista é "elevada", acaba passando ao lado das janelas do primeiro e segundo andar dos prédios, inclusive residenciais, e por este motivo é fechada para o trânsito de veículos nos feriados e finais de semana. Além disso, é parte do percurso das corridas do Circuito Adidas das Estações, Circuito Caixa, EcoRun e da São Silvestre.

Os detalhes deste local estão na matéria publicada pelo Webrun no link abaixo, o qual foi escrito após eu sugerir o local como parte do treinamento em São Paulo. Como o Alexandre Koda, autor da matéria, foi muito gente-fina na ocasião, ele citou as minhas impressões sobre o local e o deu-me o crédito devido (valeu Alexandre!). Daí, meus 5 minutos de fama, ser citado em uma matéria do Webrun!

Matéria "Elevado Costa e Silva - Minhocão" publicada no Webrun

Já que você vai estar lá mesmo, aproveite e veja o blog do Harry, outro cara muito bacana (na home page do Webrun há o link):

Webrun - Blog do Harry

Carpe diem, go run!
(agora eu misturei tudo, latim e inglês, mas você entendeu)

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Correr na praia

Este lugar “chato” da foto aí ao lado é Balneário Camboriu, SC, onde eu estive na semana passada. O que isto tem a ver com corridas? Tudo! Afinal, arranjei um espaço na mala (OK, eu apertei tudo mesmo para caber) e levei o tênis de corrida junto. Daí fui dar umas passadas na areia, só para não perder o hábito.

A revista Runner’s World, em sua edição número 2 (dezembro/2008) publicou uma matéria bem interessante sobre correr na praia e eu resolvi aproveitar a viagem para colocar em prática o que foi informado no texto. É curioso, mas nestes 3 anos de corrida, esta é a primeira vez que tenho oportunidade de correr na praia.

Traçando um paralelo (ou complementando) a ótima matéria publicada, vamos aos principais aspectos da corrida na praia:

Impacto: com certeza é muito menor do que no asfalto, o que protege articulações.

Resistência: a força necessária para correr na areia fofa fortalece os músculos.

Roupas: como se fosse em uma corrida normal, camiseta e shorts apropriados, ou vai ficar todo assado correndo com calção de banho? Eu até que vi uns indivíduos fazendo isso, mas não me arriscaria.

Hidratação: se não for levar água ou isotônico, carregue uns trocados para comprar alguma coisa nas barracas e quiosques da orla. Nada de caipirinha nesta hora...

Protetor solar: precisa realmente falar deste item?

Horário: acorde cedo, ou vá no final do dia (eu prefiro logo de manhã cedo). Nem pensar em fazer isto nos horários de pico (tanto de sol quanto de pessoas).

Tênis: eu preferi correr de tênis e percebi que quase todos os outros corredores também. Nunca se sabe no que você vai pisar (conchas, cacos de vidro, palitos de sorvete) e eu não dispenso o amortecimento do tênis.

Areia: eu optei pela dura, não força tanto a musculatura e a sensação é muito boa. Atenção apenas para a inclinação da praia, pois como eu pude constatar no calcanhar no dia seguinte, o movimento repetitivo da corrida força demais esta estrutura.

Música: eu não vivo sem meu MP3 player, mas se você quiser curtir o som do mar, também é uma ótima pedida.

OK, agora você já sabe: é só deixar o pessoal dormindo até mais tarde, calçar o tênis e aproveitar as faixas de areia do nosso litoral.

Por fim, gostaria de parabenizar o povo de Santa Catarina, que apesar de todas as catástrofes naturais enfrentadas no final do ano passado, está se reerguendo e mantendo a excelente estrutura de turismo característica da região.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Wallpaper: Maratona de Nova York

Quero compartilhar com vocês esta fantástica foto da Maratona de Nova York tirada do alto da Verrazano-Narrows Bridge, ponto de largada da competição. Apesar de ser da edição de 2004, disponibilizada pelos patrocinadores ING e ASICS, a imagem dá uma idéia da grandiosidade deste evento. Espero um dia estar lá, no meio dos quase 40.000 participantes da prova.

tela widetela normal

Clique para visualizar a foto e na tela seguinte clique com o botão direito do mouse, escolhendo salvar em seu computador ou diretamente como plano de fundo de seu desktop. Deixei uma versão para tela normal e outra para telas wide.

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Corrida de São Silvestre, edição 84, 2008

A Av. Paulista um pouco antes da largadaOK, mais uma São Silvestre para o currículo!

O clima ajudou muito neste ano, onde após a metade da prova um vento de chuva ajudou a espantar um pouco o calor, apesar de não ter chovido na região da corrida. Como sempre é muito difícil avaliar esta prova, pois é mais uma festa que uma corrida propriamente dita. Pessoal fantasiado para todo lado, faixas, mensagens, grupos, etc., mas no que se refere à organização, não há do que se reclamar.


A largada aconteceu no horário e como sempre houve o famoso "bolo" de gente na saída e nos afunilamentos, especialmente no final da R. da Consolação para entrada na Av. Ipiranga e no final do Elevado (Minhocão) para entrada no Largo Padre Péricles. No mais, o circuito foi tranqüilo, sem precisar de empurra-empurra para conseguir se movimentar.

alongar... ...hidratar... ...correr!

Até o Transformer Optimus Prime correndo na São Silvestre!
Estão de parabéns: a Polícia Militar do Estado de São Paulo, pois havia um oficial a cada pelo menos 10 metros, em todo o percurso da prova; o grupo de Bombeiros (acho que de Minas Gerais) que corria e entoava seus hinos ao longo do percurso, inclusive na Av. Brigadeiro Luis Antônio (haja fôlego para subir e cantar ao mesmo tempo!); a criatividade dos participantes fantasiados, que são sempre muito originais e alegram o evento; a organização, que apesar de só colocar postos de hidratação a partir do Km 4, desta vez deixou a água numa temperatura razoável (no ano passado estava quente).

Merece uma surra: o pessoal que circula na Av. Rio Branco durante a prova, pois novamente eu vi quase-acidentes com pessoas que insistem em cruzar a avenida (todo ano neste mesmo lugar!) enquanto os corredores passam.

quase olímpico...Para mim, em especial, não foi uma prova muito boa, pois devido à um problema no pé direito eu precisei diminuir muito o ritmo após o Km 8, o que deixou meu tempo de 1h53min muito além do que eu esperava. Fôlego eu tinha, só não conseguia puxar mais as passadas sob risco de ter que parar com a dor. Mas foi ótimo, concluir a São Silvestre na Av. Paulista é algo espetacular, não importa o tempo.

a medalha já ocupa seu lugar de honra ao lado das edições 82 e 83 da corridaNeste ano eu espero estar lá novamente, e quem sabe encorajar mais pessoas a participar deste grande evento.

Feliz 2009!

(fotos: Márcia)