domingo, 14 de junho de 2009

Circuito SEME: fui pipocar...

Detesto pipocar em provas, como já disse várias vezes aqui no blog. Mas ainda p... da vida com esta estória de não ter conseguido a inscrição (gratuita) para o Circuito SEME da Prefeitura de São Paulo, fui sem número de peito e chip mesmo.

Na mais absoluta preguiça de andar, saí de carro às 07:20 e cheguei ao evento às 07:24 (viu como era perto? por isto a minha revolta...). Dava para ir a pé, mas como não ia poder usar o guarda-volumes por falta da inscrição, precisava deixar a roupa seca em algum lugar, pois a temperatura estava próxima dos 10 graus e a volta ia ser desagradável.

Realmente é uma pena esta falta de vergonha de liberar apenas 1.000 vagas, se é que este é o número real. Vi muita gente animada com a possibilidade de participar deste tipo de evento (alguns vizinhos do meu prédio, inclusive), mas também vi muitos (muitos mesmo!) envelopes de chips ainda não entregues faltando 5 minutos para a largada. Constatou-se o que eu imaginava: muita gente se inscreve e, por ser de graça, não comparece ao evento, prejudicando quem realmente está a fim de correr.

O percurso consistia de duas voltas de 2,5 Km na região do bairro Jd. São Paulo, o qual possui subidas bem desanimadoras para quem não treina. O evento pareceu bem organizado, exceto por este problema da inscrição. Ora, só o que eu recolho de impostos para a Prefeitura quando emito nota fiscal de prestação de serviços já paga muita inscrição de prova, acredite! E mesmo assim, tenho que "pipocar" para participar do evento...

Na saída, uma surpresa: passei pela chegada e como não havia área de escape, fui "tragado" pela fila de devolução de chip. Um funcionário organizador, mesmo vendo nitidamente que eu não estava com número de peito e chip na mão, ofereceu-me uma medalha, um torrone e ainda me deu os parabéns. Se fosse uma prova paga, não aceitaria, mas lembrei dos envelopes com chips que estavam lá no início da prova, então resolvi aceitar. Ponto positivo para a organização, que teve o discernimento de premiar quem participou de verdade do evento.

Espero que os próximos sejam mais bem organizados e que todos possam participar, incentivando a prática esportiva, como eu pude constatar hoje ao longo do percurso.

Bons treinos!

5 comentários:

  1. Hehehe, viu, saiu de casa resmungando, mas pelo menos fez a tua parte e o funcionário da organização fez a dele. Infelizmente esses problemas acontecem com todos, e quem não passou por isso ainda irá passar... Fico feliz que no fim deu tudo certo. Um abração

    ResponderExcluir
  2. O fato é que a organização de provas devem ser feitas por quem entende do negócio... caso contrário ... fiasco certo ... mas ainda bem que vc saiu meio pipoca ... rsrs

    Abraços e Vamos em frente !!!

    ResponderExcluir
  3. ---------\\\\|/---------
    --------(@@)-------
    -o--oO--(_)--Ooo-
    Rinaldo, realmente em provas gratuitas assim, as inscrições esgotam rápidas, como te falei, fique atento para que na próxima vc não perca a inscrição, pois em todas as corridas, até mesmas as pagas, sobram inscrições mesmo, pois tem muitas pessoas que se inscreve e não vai e daí como dito aqui prejudica as pessoas que querem realmente correr. Quanto a correr de pipoqueiro faça o seguinte se vc não quer usar a estrutura da prova, vá de carro para guardar os seus pertences e compre a mochila que nem eu comprei para poder se hidratar durante o percurso.
    Boa semana e bons treinos.

    Um abraço,

    Jorge Cerqueira
    www.jmaratona.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Faltou vc dizer qual o tempo vc fez na prova.
    Mas lhe parabenizo por este espírito corredor/competidor que vc tem.
    E sobre a atitude do funcionário só tenho a dizer que ele fez o certo. Pois iria sobrar muita medalha, e como vc correu, merece receber.

    Na próxima etapa do Circuito no Bairro de Perus provavelmente estarei aí.
    Não pude correr na Maratona de São Paulo no último dia 31 de maio devido a uma lesão, mas como eu tinha uns dias de folga pra tirar, pedi pra um amigo meu (Tadeu) da Banca do Tadeu do Bairro Perus me inscrever na equipe deles (Corredores Organizados de Perus - COP). Irei confirmar com ele amanhã se ele me inscreveu, já que hoje eu esqueci de ligar lá na banca.rsrs
    O Bairro de Perus é onde sempre me hospedo quando vou correr em São Paulo, pois lá é onde mora os meus tios, por isso resolvi ir correr, e estarei aí no próximo final de semana concerteza.
    Abraços e tudo de bom pra vc.

    ---> tutta <---
    ubiratã-pr.

    ResponderExcluir