segunda-feira, 1 de junho de 2009

Maratona SP 2009: eu fui!

O Besouro

Pelas leis da aerodinâmica, a relação entre o peso, o tamanho da asa e o comprimento do corpo tornam o vôo do besouro algo impraticável. No entanto, o inseto, ignorando essas verdades científicas, atira-se para frente e voa do mesmo jeito.

Eu tive bronquite na infância e usei bota ortopédica até 12 anos de idade. Já pesei 93 Kg e perdi 10 deles correndo. Daí, vi muitas ressonâncias e radiografias com lesões e outros estragos. Machuquei tíbia, joelho, metatarsos e outras partes que nunca havia ouvido falar. Mesmo assim, ontem, após 05:17:39 eu completei uma Maratona, 42.195 m de asfalto na cidade de São Paulo.


Todo mundo fala e ontem eu comprovei: a sensação de terminar uma Maratona é indescritível! Para começar, dói tudo, até os fios de cabelo. Mas quando o Dorflex e a bolsa de gelo começam a fazer efeito, vem a verdadeira sensação de ter realizado algo incrível, por mais difícil que tenha sido. É algo que não podem tirar de você, não é tangível, é uma conquista que vai realmente, ecoar pela eternidade (pelo menos na minha) como eu disse no outro post.

A prova

O charme de largar da Ponte Estaiada após o tiro de canhão é fantástico, a estrutura é impressionante, e não temos como ver a grandiosidade da obra quando passamos apressados de carro pela Marginal Pinheiros. E aí começam os problemas: o rio Pinheiros tem um mal cheiro danado! Outros pontos também fazem o estômago do corredor revirar: a raia olímpica da USP, a Av. Politécnica (com empresas que eu não vou citar aqui) e os túneis impregnados de combustíveis queimados. Acho que este é um ponto negativo da Maratona de São Paulo: largamos de um cartão postal e depois, apesar de passar por outros como Parque Villa Lobos, USP e terminar no Ibirapuera, temos que respirar um pouco dos cheiros estranhos da cidade.

A monotonia do vai-e-volta dentro da USP, por uns 15 Km também desanima bastante. Isto contribuiu para que eu andasse, achei esta parte da prova pouco estimulante e visualmente cansativa.

A Yescom tem lá seus problemas de organização e logística confusa, especialmente na questão ônibus/deslocamento para largada, porém a distribuição de água foi fantástica. Apesar de não estar um dia tão quente, a cada 3 Km havia um posto de hidratação com água gelada. Tivemos também 2 postos de Gatorade e um de gel, além da grata surpresa de frutas no Km 35 (que benção, o estômago já estava vazio!).

Desempenho

Eu não sei controlar ritmo, não consigo ir mais rápido quando preciso e mais lento quando é necessário. Ou seja, estava no meu ritmo de prova de 10 Km, o que fez com que andasse em alguns trechos entre os Kms 22 e 32. Eu já sabia que o ritmo ia cair, mas o cansaço bateu muito forte. O gel de carboidrato no Km 30 e o Gatorade no 32 ajudaram muito, e eu voltei a correr normalmente daí para a frente. OK, a trilha sonora do Rocky no meu MP3 player ajudou...

Nos meus cálculos terminaria próximo de 5 horas, mas estes 17 minutos a mais não tem importância, o legal for concluir a prova.

Crítica

Realmente o horário de largada é um incoveniente, causado neste caso única e exclusivamente pela ganância de patrocínio da Rede Globo. Lá pelas 13:45, quando a transmissão da Maratona já havia dado lugar à péssima programação de domingo, corredores passavam mal na Av. Juscelino Kubitschek debaixo do sol forte. O trânsito na Zona Sul estava um caos, e dava pena do paulistano que estava saindo para almoçar e curtir o domingo e que ficou preso em mais um congestionamento, devido às ruas interditadas.

Sem contar a mentira de que tínhamos 15.000 inscritos na Maratona, como estava sendo anunciado o tempo todo. Na verdade, foram apenas 2.700 para os 42 Km, o restante dividido entre as provas de 10 e 25 Km, segundo o blog do site Webrun.

Até quando vamos nos sujeitar a isto?

Conclusão

Eu adorei ter participado, e ao contrário do que todo mundo pensa, estou inteiro hoje. Algumas dores nas pernas, mas é só. É claro que não dá para fazer uma destas por mês, mas dependendo do lugar, eu até encaro outra.

Agradeço aos que me apoiaram nesta maluquice, pessoalmente ou através do blog. Sem vocês, não seria possível mais esta vitória.

Boas passadas!

12 comentários:

  1. Parabéns meu amigo !!! Agora você é um maratonista ! E que ninguém diga ao contrário !!!
    Excelente relato só quem vive uma maratona pode trazer tantos detalhes e o principal transmitir essa emoção!!!

    PARABÉNS E CURTA ESSE MOMENTO!!!

    ResponderExcluir
  2. Rinaldo, parabéns pela vitória! Uma prova muito difícil, e essa bagunça na largada e o horário tarde não ajudam nada. Show!!

    ResponderExcluir
  3. ---------\\\\|/---------
    --------(@@)-------
    -o--oO--(_)--Ooo-
    Rinaldo vc enfrentou a batalha e venceu parabéns amigo!!!
    Quanto ao vai e vem dentro da USP eu senti isso correndo a Maratona de SP em 2004, realmente é um tédio, tem que ter o psicológico muito bom para isso...

    Vc perguntou aqui no seu blog...

    "Até quando vamos nos sujeitar a isto?"

    Isso só vai mudar o dia que os corredores tomarem vergonha na cara e se UNIREM, enquanto não acontecer isso os corredores ainda vão penar, o povo brasileiro não sabe força que tem.

    Linda a medalha...Parabéns!!!

    Um abraço,

    Jorge Cerqueira
    www.jmaratona.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Claudio, parabéns pela sua Maratona é um feito para toda vida. Eu também fiz a minha primeira Maratona ontém junto com vc. É realmente doi todo corpo mas a emoção que vc sente vale isso tudo. Novamente parabéns e nós vemos nas futuras provas.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns Rinaldo!

    Somente quem tem uma meta a alcançar supera todas estas adversidades e uma vez alcançada ninguém tira de você esta vitória, esta sensação de dever cumprido com você mesmo.
    Bons treinos.

    Abraço
    Adelaide

    ResponderExcluir
  6. Você foi graAAAnde !!Parabéns Rinaldo !!

    aBRAÇÃO!

    ResponderExcluir
  7. Só uma coisa para te falar... parabéns !!!!!

    www.erunner.com.br

    ResponderExcluir
  8. Amigo parabéns por concluir a prova e parabéns tb pelo post, que diz toda a real dessa maratona...Bons treinos

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito do seu relato Rinaldo, pois sente-se a parte emotiva de quem está realilzando o grande feito que é a 1ª Maratona.Agora vai tomar-lhe o gosto.
    Parabéns

    FA

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela conquista, sempre uma Vitória completar uma maratona.
    Boa recuperação.

    ResponderExcluir
  11. Parabéns Rinaldo, sei muito bem como é correr uma maratona.
    A minha estréia foi justamente aí em São Paulo no ano passado.
    Até gostei do percurso, principalmente correr dentro dos túneis, coisa inédita pra mim.
    Mas confesso que o cheiro de certos lugares incomodam e muito.
    Parabéns novamente a vc.
    E quando será a próxima??? Já pensou?
    A das Águas em Foz do Iguaçú no mês de setembro é a minha dica pra vc.
    Valeu.
    Abraços e até mais.


    ...tutta...
    ubiratã-pr.
    www.correndocorridas.blogspot.com

    ResponderExcluir