quinta-feira, 17 de setembro de 2015

E a Primavera chegou no Circuito das Estações 2015

Mais uma corrida da série “fazia tempo que eu não participava”, no caso, o Circuito das Estações, que teve sua etapa Primavera em São Paulo no último domingo. O interessante deste circuito é a possibilidade de correr 4 etapas em condições climáticas características de cada época do ano, e quando se fala da capital paulista estas condições são sempre acentuadas. Organizada pela O2, o percurso é o tradicional Estádio do Pacaembu – Minhocão, ida e volta, onde as subidas judiam dos que só treinam no plano.

Por estar mirando outra maratona no radar, não pretendia participar de provas de 10 Km nestas últimas semanas, mas o convite da Multiplus para comparecer ao evento foi naturalmente irresistível. Diria que no final das contas a variação desta prova me ajudou a direcionar o treino do final de
semana para algo diferente do habitual “sair para devorar o máximo de Kms no asfalto” e no final do post você entenderá o motivo. Mas vamos à prova primeiro.

Os kits foram entregues na Loja Centauro do Shopping West Plaza, respeitando aquela boa prática de promover a retirada perto do local da largada, pois pelo menos imagina-se que quem se inscreve na prova terá fácil acesso à mesma. Tudo bem organizado e um kit bacana, com camiseta, bandana, folhetos promocionais e número de peito. A camiseta é um capítulo à parte, de tecido tecnológico e confortável, é daquelas que você usa para mais para sair do que para suar nos treinos, dada a boa qualidade e acabamento diferenciado.

Final de semana frio em São Paulo, temperaturas perto dos 13 graus no início da manhã, mas mesmo assim 12 mil corredores estavam na
região do Pacaembu para a corrida. A largada dos 5 Km ocorreu pontualmente às 07:00 da manhã e os 10 Km largariam às 08:00. Os chips eram retirados no próprio dia da prova meia hora antes das largadas, evitando o transtorno de devolução caso o atleta não comparecesse ao evento. Cheguei cedo, vi a largada dos 5 Km e providenciei a retirada do meu chip, guardando as tranqueiras no guarda-volumes e aproveitando as atrações da arena do evento.

Um item que achei muito bem executado foi a entrada dos corredores nos respectivos currais de largada, identificados pelos pelotões com base em tempos anteriores. O pessoal do staff direcionava cada atleta para seu local e com isto promovia-se uma largada mais fluida, sem os tradicionais atropelos de provas onde quem se posiciona antes nem sempre tem pernas para sair no ritmo dos demais. E lá fui eu, para a distância mais querida dos corredores, os 10 Km, largando no delicioso frio da manhã paulistana e com vontade de melhorar o tempo final graças à condição climática.


E realmente as coisas começaram a fluir do jeito que eu queria, como já conhecia bem o percurso, fui no ritmo certo para cada trecho, sabendo onde as subidas e descidas iriam forçar mais a musculatura. Sim, pois descida também força, e quem não administra faz os joelhos pagarem o preço. As largadas por pelotões mostraram-se bem eficientes, pois não parecia haver atropelos, apressadinhos ou grupos de conversa, o que se percebia pela frequência com que eu ultrapassava ou era ultrapassado.

Levando a prova em um ritmo pouco acima do meu normal fechei o percurso em 55:33, um novo recorde pessoal, em um momento onde eu me concentrava para fazer distâncias preparatórias para a maratona. Excelente prova, medalha muito bonita e boa dispersão.

Mas, como missão dada é missão cumprida, e os 42 Km exigem certos sacrifícios, o jeito foi voltar para casa...correndo! Total, considerando que corri 2 Km de aquecimento antes da prova até a largada, mais os 10 Km da corrida e a volta para casa com mais 12 Km, um total de 25 Km rodados, um treino longo com variações e percursos diferentes.


Agradecimentos ao pessoal da CDN, que em parceria com a Multiplus concedeu a inscrição da prova.

2 comentários:

  1. Parabéns pelo recorde pessoal conquistado Rinaldo. E desde já desejo uma boa maratona.
    Abraço.


    tutta/Baleias-PR
    www.correndocorridas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir