domingo, 31 de dezembro de 2017

O momento mais incrível de 2017

Como eu disse no post anterior, ainda tinha mais um assunto para este fim de ano, e guardei para o final a recordação do melhor momento de 2017. Foram muitas linhas de chegada, medalhas, kits, mas neste ano que passou tive a satisfação de participar do grupo Pernas de Aluguel na SP City Marathon, correndo, ajudando a conduzir e conferindo de perto a alegria e seriedade da equipe. Segundo o próprio site do Pernas de Aluguel, o objetivo é “promover diversão para pessoas com deficiência motora e proporcionar aos atletas voluntários a oportunidade de transformar a linha de chegada em algo mais especial do que normalmente é.”. Cada palavra desta frase faz todo o sentido quando se está no grupo, e fico até um pouco chateado de não ter conseguido participar de outras provas, a única que estava inscrito e que coincidia com meu calendário era a SP City Marathon. A seriedade do trabalho é tão grande, que não são permitidos “pipocas” nas provas em que a equipe está, mesmo com a camiseta oficial.
Corri com o grupo até o Km 20, quando havia a separação entre a Maratona e a Meia, pois eles estavam participando a prova de 21 Km e eu estava inscrito na outra. Perdi a festa da linha de chegada, que tenho certeza ter sido incrível.

Não é para bater palmas para mim, bate palmas para eles, pela dedicação e espírito de doação
de seu tempo (e de suas pernas) para quem gosta de sentir a emoção da corrida, mas que depende de outros atletas para realizar seu sonho. Da minha parte, pretendo participar novamente, sei que minha contribuição foi pequena desta vez.

Sem aqueles votos cafonas de fim de ano, deixo um pensamento para sua corrida em 2018: doe-se um pouco mais daqui para a frente, seja em um grupo como o Pernas de Aluguel, inscrevendo-se como guia voluntário, incentivando aquele seu colega que quer começar a correr ou até mesmo doando aquelas suas camisetas e sacolinhas de provas. Sua corrida será melhor, eu garanto, não só em 2018 mas sempre!

Feliz Ano Novo!


2 comentários: