terça-feira, 12 de janeiro de 2010

O que esperar dos organizadores de provas em 2010?

Antes do ano começar já dava para ter uma idéia das possíveis respostas para esta pergunta: novos preços, mesmos percursos, menos provas no calendário. Só que agora a tal crise já passou, e apesar de ter deixado sequelas, as desculpas para explicar os itens acima e outros estão bem esfarrapadas.

Separei alguns casos de organizadores de provas de rua em São Paulo, destacando algumas observações feitas neste início de ano:

Corpore: sem dúvida possui a mais eficiente organização em corridas de rua, não só devido à larga experiência de mais de 25 anos, mas pela quantidade e diversidade de eventos que organizou. O problema é que o circuito diminui a cada ano, sendo que neste início de ano até a já tradicional prova Oral-B, que não é a de abertura, mas sim a primeiro do calendário, foi confirmada somente faltando 3 semanas para o evento. Os preços já estão reajustados e as provas de curta distância que sobraram são as mesmas de sempre. Questionados sobre valores e circuitos, a organização indicou fatos como por exemplo a possibilidade de utilização da Cidade Universitária somente por 7 vezes ao ano. São Paulo é uma cidade pequena, só temos a USP mesmo para correr.

Yescom: passada a palhaçada da falta de organização na São Silvestre, a organização já tem preços novos, sendo que as inscrições para provas como as Maratonas e Meias já começaram há meses, como se fossem as grandes provas internacionais. A Yescom ainda tem muito o que aprender sobre como organizar uma prova no nível de uma Maratona de Nova York para que as vagas se encerrem muito antes do evento, e o chamariz acaba sendo o desconto para quem se antecipar, ou seja, melhor captação de recursos para a prova. Sobre organização não chega a ser igual à Corpore, apesar de aceitável na maioria das vezes, e de vez em quando eles abrem um ou outro percurso novo.

JJS Eventos: de estrutura simples, as provas deste organizador são boas, mas os percursos são sempre os mesmos a cada ano (o mesmo não ocorre com os preços). São provas clássicas, como o Troféu São Paulo, Troféu Independência, etc., resta apenas diversificar um pouco e melhorar as combinações de cores nas camisetas, que de vez em quando são de gosto duvidoso.

Circuito SEME (Secretaria Municipal de Esportes de São Paulo): uma iniciativa fantástica, ou seja, promover corridas de 5 Km gratuitas nos bairros periféricos de São Paulo e assim levar o esporte para os que não podem pagar uma inscrição ou se deslocar até um evento, ou mesmo aqueles que nunca participaram do clima festivo das corridas. É incrível ver a alegria das pessoas ao receberem uma medalha ou mesmo a camiseta do evento, algo novo para a maioria dos participantes. O problema é que os circuitos são geralmente de 2 voltas e limitados a 2 mil pessoas, sendo que pela Internet são disponibilizadas em torno de 100 vagas que se esgotam em pouco mais de 15 minutos após a abertura. Resta saber se em 2010 a situação continuará assim, ou até mesmo se o circuito permanecerá existindo (afinal, em ano de eleições há lugares mais interessantes para se gastar dinheiro...).

Há muitos outros casos de organizadores menores que fizeram um bom trabalho em 2009, como a BPM Sports ou os tradicionais Circuito Adidas e Circuito Caixa, mas não vamos nos estender tanto assim.

O fato é que continuamos pagando pela participação em provas, mas chega a dar desânimo quando lembramos de falta de organização, kits só com chip e número de peito ou trajetos repetidos.

Provavelmente será um ano com mais treinos do que provas. Talvez até seja interessante economizar em algumas aqui e investir em viagens para correr em locais novos, mas isto vai do bolso e tempo de cada um.

Boas provas e treinos!

4 comentários:

  1. Concordo com tudo o que você escreveu,a falta de respeito com as pessoas que pagam as inscrições andam gritantes e pra mim tmb será um ano demais treinos do que corridas.

    Bons Kms
    Fabi =D

    ResponderExcluir
  2. Seu blog é muito bom e você já é uma referência de boa informação sobre corridas de rua. Está nos meus favoritos.

    Parabéns.

    Abraço

    Gilson Totti Dias

    ResponderExcluir
  3. Oi Claudio,

    Obrigada pelas boas vindas, confesso que ainda estou aprendendo.
    Bons treinos pra vc tb

    ResponderExcluir
  4. Olá, nunca postei aqui mas gostei demais do seu blog, sem dúvida 2010 será um ano de provas alternativas ou de corridas sem inscrições, pois estamos caindo na mesmice de sempre, onde o que não é o mesmo são apenas os preços. Prabéns.

    ResponderExcluir