terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Treinar na USP: só com carteirinha...

Num primeiro momento, eu pensei em reclamar. Mas daí pensei “outro post reclamando? Nem os leitores e nem eu temos mais paciência para tanta reclamação”. Daí eu pesquisei o assunto e vi que há um pouco de sentido na estória toda, mas como sempre, os administradores neste país, sejam públicos ou privados, carecem de buscar a melhor solução quando tentam resolver um problema. Adota-se qualquer medida, por mais esdrúxula que possa parecer e pronto, problema resolvido.

Esta correndo um boato nesta semana de que quem quiser correr ou pedalar na USP (Cidade Universitária, em São Paulo) deverá fazer uma carteirinha gratuita. Essencialmente, a medida tenta amenizar o clima entre ciclistas x corredores x motoristas e organizar os quase 5 mil praticantes de atividades físicas que invadem o campus nos finais de semana.

Eu já estive lá em um sábado e parecia dia de corrida e de prova de ciclismo, tudo junto. Assessorias esportivas dividiam o espaço com grupos de ciclistas treinando forte e mais alguns pangarés como eu, que não tinham o que fazer e foram correr um pouco. Em meio a tudo isso, carros, ônibus (pilotados por gente mal educada como de costume) e alunos. Sim, alguma medida é necessária, especialmente quando lemos textos como os indicados abaixo sobre acidentes e brigas, em um local digamos, que tem outra finalidade (é um conjunto de faculdades, na verdade). Porém, em nenhum momento ninguém citou o problema de melhorar a segurança no campus, para todos.

Não vou entrar muito no detalhe, apenas deixo os textos para sua (e minha) reflexão sobre o assunto e vamos torcer para que organizem de forma satisfatória tudo isto. O paulistano não conta com faixas de areia das praias ou parques decentes para praticar esportes, por isto procura alternativas e a USP se transformou no centro das atividades esportivas de final de semana.

Ciclista e Corredores terão que se cadastrar para correr na USP

Ciclistas x Corredores: na USP: o problema continua

Quando tiver maiores informações sobre o procedimento, deixo para vocês aqui no blog.

Boa (curta) semana!

5 comentários:

  1. É meu amigo vcs estão num dilema danado, mas do que eu estou sabendo é que também eles estão cadastrando pq tem o lance dos assaltos também, li isso no blog do Eduardo Porque Eu Corro de Sampa...O problema é o seguinte é que vcs da capital tem pouca áreas para treinos...Espero que tudo se resolva...E espero que tenha curtido muito o feriado.

    Bons treinos,

    Jorge Cerqueira
    www.jmaratona.com

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi essa conversa outras vezes, mas nunca aconteceu nada de efetivo. Continuo pedalando na USP e sem carteirinha...
    São Paulo realmente tem poucas áreas para treino, o que é um problema.

    ResponderExcluir
  3. Ano de eleição, tudo pode acontecer!
    Se o problema são os assaltos e os assaltos são sempre nos mesmos locais, não seria mais fácil resolver de outra maneira, sem tumultuar a vida de mais de 15.000 corredores/ciclistas e afins?
    Fazer o que, né? É esperar para ver.
    Abraço
    Colucci
    @antoniocolucci

    ResponderExcluir
  4. Bom Claudio,

    Eu sou a favor de cadastrar aqueles que frequentam a USP, agora a forma de fiscalização é que seria um tanto problemática, visto o número de pessoas que vão em dia de corridas e os que vão independente de qualquer evento. Acredito ser uma boa idéia, mas que precisa ser cuidadosamente desenvolvida.

    Daniel Gonçalves
    www.fanaticospormaratonas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Sabem dizer se a carteirinha já está valendo? Se sim, onde faço o cadastro?
    Grato!

    ResponderExcluir