domingo, 19 de setembro de 2010

E você, como seleciona suas provas?

Além da confiança que eu tenho na Equipe de Corredores Tavares, sei que as provas que ocorrem fora de São Paulo escolhidas por eles para organizar viagens são sempre muito boas e valem a pena o investimento. Não foi diferente ao receber o e-mail convidando para a Maratona de Curitiba, que ocorrerá em 21/11, com um preço acessível e data livre no calendário. Mas, que calendário? Pois é, se o corredor é desorganizado, se inscreve em tudo o que aparece e não presta atenção às provas próximas,acaba torrando os tubos e causando um desgaste desnecessário ao organismo.

Eu tenho por hábito criar uma tabela com as corridas que vou “pescando” nos anúncios de revista, sites especializados, folhetos distribuídos em provas ou histórico dos anos anteriores. Isto ajuda a montar uma planilha eletrônica, coisa que praticamente todo mundo com acesso a um computador consegue fazer, e controlo o calendário pela ferramenta. Um esquema de cores berrantes (modelo “churrascaria” no meu caso) nas células ajuda a separar facilmente o que realmente interessa do que é meramente informação ou provas alternativas. Ali acima está o meu exemplo, com o calendário dos próximos meses (eu vou apagando os meses anteriores, mas se você quiser, pode manter o histórico).

Mas voltemos ao caso da Maratona de Curitiba: apesar de não ser aconselhável um corredor de ponta como eu (ponta de estoque, digo) correr mais do que duas maratonas por ano, o bichinho da corrida andou injetando veneno nos últimos dias e eu comecei a me coçar pensando no assunto. O que chamou atenção foi a largada às 07:00 da manhã, ajudando gente lenta como eu a enfrentar o calor após o sol aparecer, ainda mais tão próximo do verão. Olhei para o cofrinho, martelo na mão, lá vou eu... mas é melhor conferir o calendário de provas primeiro.

Dito e feito, olhe novamente a planilha: uma semana antes há uma Meia Maratona inédita em São Paulo (carinha, para variar), uma corrida de 7 Km que já estou inscrito na semana seguinte, outra de revezamento também inscrito duas semanas depois, uma de 15 Km bem legal que pretendo ir... e a São Silvestre 40 dias depois. Como diria o Windows: “Abort, Retry, Ignore?”. Pois é, “Abort”!

Caso eu decidisse pela viagem, além dos preciosos reais a serem investidos nas outras provas, iria causar um desgaste danado no corpo. Treinos iriam para ao espaço após a prova e eu chegaria na São Silvestre de muletas. Subir a Brigadeiro já é difícil, pior ainda é chegar em frangalhos pela sua própria imprudência.

Conclusão: como tudo na vida, é necessário sacrificar algumas coisas para conseguir outras. A corrida nos ensina isto logo cedo, cortando baladas, sessões de cinema fora de horário, comidas gordurosas e algumas horas de sono nos finais de semana. O jeito é expandir o ensinamento para tudo na vida, inclusive nossa própria organização para participar de provas.

Mas, e você, o que te leva a fazer ou não uma prova? Estou curioso...

6 comentários:

  1. Oi Rinaldo. A hora que comecei a ler o post eu estava crente que vc havia decidido pela Maratona de Ctba. Mas entendo a sua posição e mesmo que vc não venha iremos nos conhecer na SS que nessa eu tb estarei.
    Bjos e boa semana,
    Dani

    ResponderExcluir
  2. É uma pena, meu caro! Curitiba é uma maratona "especial"; largamos com 10o.C, vai pra 25o.C, chove, venta, abre o sol de volta e a gente chega! Você vai perder um evento e tanto! rsrs...

    Henrique
    Curitiba/PR
    Na fila dos que vão fazer a maratona...

    ResponderExcluir
  3. Fala Rinaldo!! Td bem?

    Cara, nunca pensei nisso, nunca planeijei as provas com muita antecedencia, alias, participei de poucas provas, mas sua idéia foi salva, e pretendo utilizar quando começar a acumular mais provas no meu currículo.

    Manda essa maratona de Ctba no proximo ano, e dessa vez ja planeja no inicio do ano!!

    Um abraço

    Leonardo Nista

    ResponderExcluir
  4. É isso ai amigo !!
    Planejamento é tudo na vida ,seja no trabalho na familia e porque não nas nossas corridas de domingo !!

    é isso ai amigo Reinaldo bela materia !!

    Romildo freitas

    ResponderExcluir
  5. Eu particularmente não planejo muito sobre qual prova eu vou ou não correr.
    É lógico que procuro correr as provas que ficam mais próximas da minha cidade (Ubiratã-Pr), pois nas mais longes o gasto é grande.
    Mas, também não me importo muito em correr duas ou três provas num mesmo mês.
    Sei também que o desgaste é grande, mas como sou eu que sou o meu treinador, me dou uns dias, ou umas semanas de folga depois se for o caso e fica tudo de boa. hehe

    Já quanto a Maratona de Curitiba, se o meu dinheirinho der, estarei lá mesmo sabendo que pouco dias depois haverá a São Silvestre. hehe

    Abraço.


    tutta
    www.correndocorridas.blogspot.com
    Twitter: @tuttacferreira

    ResponderExcluir
  6. Vai participar da corrida no autódromo ou abortou essa? Acho que nós estamos inscritos (é que o Sergio pilota as inscrições e só me avisa depois ... rsrs).

    Estamos planejando viajar para Curitiba, mas para correr 10km. Também estamos nos preparando para a São Silvestre, já nos inscrevemos.

    Abraços e bons treinos!

    ResponderExcluir