segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Circuito Athenas SP, 3ª. etapa: corrida maluca!

Se uma pessoa assistisse a 3ª. etapa do Circuito Athenas SP a partir de imagens de satélite, teria a impressão de estar vendo um episódio do desenho “Corrida Maluca” (Wacky Races, da Hanna Barbera), especialmente no trecho da Ponte Estaiada. Parecia uma daquelas cenas onde o Dick Vigarista trocava as placas de sentido das vias e os corredores iam e voltavam, cruzando-se várias vezes. Como o meu perfil não é de Peter Perfeito, mas sim de Mutley (lembra do “Rabugento” com aquela risadinha sarcástica?), meu objetivo era um só: “medalha, medalha, medalha!”

Mesmo assim, ficou faltando uma medalha para formar o “medalhão” das 3 etapas. Isto porque bem no dia da segunda etapa eu fui para a Maratona do Rio, então perdi a chance de correr 16 Km (10 milhas) nesta prova. Mas voltemos à etapa deste domingo, onde o objetivo era fazer 10 Km ou 21 Km e eu optei por completar minha 4ª. Meia Maratona deste ano.

O percurso era plano, afinal corria-se a maior parte do tempo na pista expressa da Marginal Pinheiros, tendo apenas as subidas das pontes... ou não. Na verdade a própria pista já possui alguns pontos onde percebem-se leves aclives, mas que duram por quilômetros, e o esforço aumenta sem você notar. O zigue-zague na Ponte Estaiada teve um preço alto, pois o corredor precisou executar vários giros de 180 graus, o que é bem cansativo para o corpo.

Desta vez eu optei por não levar gel de carboidrato e esta foi a minha salvação. Quando o percurso passa de 10 Km no treino, levo um torrone de 45g, o suficiente para gerar a energia necessária. Ou seja, meu estômago já acostumou a receber aquela pancada de carboidrato e açúcar enquanto corro, então resolvi que este seria o combustível de prova. E foi a sorte, já que o maldito Rio Pinheiros fedia como sempre, e tive ânsia de vômito em um trecho. Com aquela “pasta” do gel no aparelho digestivo, eu ia causar um estrago e tanto na pista...

Não há o que dizer da organização da Iguana Sports, que é perfeita em todos os detalhes, apenas tendo alterado o horário de largada para 07:00 na última semana. Claro que isto é um presentão para quem vai enfrentar 21 Km, mas para pessoas que moram no outro extremo da cidade, foi um parto sair de casa às 05:00 da manhã em um dia frio como este. O kit trazia uma camiseta Mizuno até que bem bonita, vermelha desta vez, e uma mochila pequena que até lembra aquelas de hidratação e que vai ser útil para andar de bike. A prova foi bem organizada, o valor do estacionamento foi fechado em R$ 18,00 (melhor que o preço normal do local), ótima hidratação, atendimento médico e dispersão. Camiseta de finisher só para quem fez as 3 provas, então fiquei de fora de novo. Mesmo não sendo das mais baratas, R$ 80,00, pagou-se por um serviço bem executado.

E segundo o SMS que recebi após a prova meu tempo foi 02:19:52... Opa! Vamos ver:

- Meia Maratona da Yescom, março: 02:18:08
- Meia Maratona da Corpore, abril: 02:18:06
- Meia Maratona de Praia Grande, setembro: 02:20:26
- Circuito Athenas (Meia Maratona): 02:19:52

Nada de evolução?

Ora, se eu fosse o Dick Vigarista, diria: “Raios! Raios Duplos! Raios Triplos!”

Mas como eu levo mais jeito para Mutley, só me resta dar a risadinha cínica...

(P.S.: não lembra da “Corrida Maluca”? Você não teve infância! Eu tive, ela só não acabou ainda... veja a abertura neste link do YouTube)

7 comentários:

  1. Dae Rinaldo! Parabéns por mais uma meia!!! Quero chegar lá também!

    Abraços

    TIAGÃO
    www.vodoismax.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Cara.. O seu foi um dos primeiros blogs que acessei. No seu e no blog do Fabio Namiuti, assim como no blog da Dany de Curitiba eu começei a gostar de correr e tbem de escrever sobre corridas. Parabens. Nem imaginei que vc estivesse nesta prova.. Abracao...

    ResponderExcluir
  3. Tbem participei desta corrida e concordo com tudo o que foi postado por voce. Acho que o clima frio acabou "maquiando" um pouco a prova na parte de resistência. Acredito que era o dia de aproveitar para bater tempo, já que a chuvinha estava quase caindo durante a prova (todo o percurso). A única coisa que não gostei foi ter que pagar estacionamento para retirar o kit R$ 24,00 (não estou falando do estacionamento da prova)... De resto, a prova foi impecável. Com uma hidratação dessas, ninguem pode reclamar mesmo....

    ResponderExcluir
  4. Oi Rinaldo.

    Parabéns pela prova. Ano que vem quero fazer a minha primeira meia maratona.

    Bjos,
    Dani

    www.correndoemagrecendo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Fala Rinaldo, quanto tempo!

    Parabens por essa Meia, o post ficou show de bola!!!

    Ano que vem eu vou encarar minha primeira Meia junto de outros Blogueiros corredores.

    Nossa campanha é a #TamoJunto21K é válida para iniciantes nos 21k e veteranos, e aí, topa participar!?

    Será na Meia Internacional da Corpore em Abril/11!

    Abraço e bons treinos

    Leonardo Nista
    www.corroporcorrer.com.br

    ResponderExcluir
  6. Diz ahe GUERREIRO, fiz a Meia das Pontes e já tinha ideia do PERCURSO da prova, a questão do ASSALTAMENTO não paguei, fiz uma PESQUISA com nosso amogo GOOGLE STREET VIEW e achei uma rua ali perto FREE ...

    Em minha humilde analise, sim vc evoluiu são 4 meias no ano !!! E essa foi de pirambeiras iniciais e finais !!!

    Minha admiração e meu desejo de sucesso Sempre !!!

    http://porqueeucorro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pela prova Rinaldo.
    E quanto a "Corrida Maluca" eu assisti muito esse desenho. rsrs
    Abraço.


    tutta/ubiratã-pr.
    www.correndocorridas.blogspot.com

    ResponderExcluir