quinta-feira, 13 de outubro de 2011

8a. Corrida Santos Dumont: voando baixo

Pouco antes de escrever este post, fiz as inscrições para as últimas provas do ano, pelo menos para corridas, pois pode ser que eu ainda tome coragem para um “...athlon” qualquer. Mas diga-se que este ano foi cheio de decepções com provas e organizadores, sem falar especificamente daquela-organizadora-que-não-devemos-dizer-o-nome (tipo o vilão do Harry Potter). E que sensação agradável ao ver que a 8ª. edição da Corrida Santos Dumont só melhora a cada ano, onde é visível que a organizadora JJS Eventos observa os pontos a serem revisados e de fato trabalha para resolver cada situação.

A prova acontece tradicionalmente no dia 12 de Outubro, em comemoração à Semana da Asa, e por este motivo tem como ponto de largada e chegada a base aérea do Aeroporto Campo de Marte, onde funciona o PAMA – Parque de Material da Aeronáutica. Amplo espaço para todas as estruturas de prova (kits, guarda-volumes, banheiros, pódio, etc.) e fácil movimentação de quem está lá para correr, caminhar ou somente acompanhar. O percurso é totalmente plano. Não entendeu ainda? Vou explicar: a maior elevação que você vai ter pela frente são as lombadas e um pouquinho da Av. Brás Leme. Ou seja, pode sentar a bota que não vai ter subida para quebrar o seu ritmo.

A maior parte da prova acontece na Av. Olavo Fontoura, e para quem não conhece, é aí que os carros da Fórmula Indy aceleram a 300 Km/h na etapa São Paulo do campeonato mundial. Asfalto um pouco grudento (tipo o do autódromo) mas retinho, sem buracos ou muito caimento nas laterais. Ficou com inveja? Então aí vai o melhor de tudo: clima nublado, com nuvens estáveis e sem sinal de chuva, propício para correr. Ou seja, tudo de bom.

Voltando à organização, o corredor/caminhante poderia retirar o kit no Hospital Edmundo Vasconcelos, patrocinador da prova, na véspera ou no próprio dia do evento. Caramba, será que ninguém pensou nisto antes? Quantas vezes eu torrei tempo e combustível, e até estacionamento, para pegar kit na véspera! Às 07:00 da manhã meu kit estava lá me esperando, com camiseta laranja, número de peito, chip descartável e gel de carboidrato. No kit pós-prova, guloseimas do patrocinador Montevérgine e isotônico Marathon. Tudo isso pelo preço justo de R$ 50,00, outro exemplo a ser seguido pelos organizadores. E o melhor de tudo, que eu sempre escrevo aqui: largada dos caminhantes em baia separada! Partem os corredores para os 5 ou 10 Km e na sequência os caminhantes curtem o percurso do mesmo jeito, sem atropelo ou muvuca.

Eu vi seu blog!

Ainda irritado pelo fiasco do meu Biathlon três dias antes (leia abaixo) e com a tal tosse chata, além de uma divertidíssima cirurgia dentária na noite anterior, saí meio desembestado dentro dos limites e mantive o ritmo de 06:12 / Km, fechando em 01:01:42 (pelo meu cronômetro). Tá mais do que bom, dadas as condições acima, outra surra no meu relógio. Na verdade, todo mundo voou baixo nesta prova, clima e percurso ajudaram muito, e percebi que os corredores conseguiam manter o ritmo confortavelmente.

Ao final, medalha (ufa, esta prova tinha! Ver relato do biathlon...) bem bonita e a satisfação de encontrar o colega Ultramaratonista Jorge Cerqueira, do blog JMaratona, que aliás foi campeão na categoria militar. Jorge, parabéns, e espero que você venha faturar mais títulos aqui em São Paulo!

Dois comentários finais:

Parabéns ao Comando da Aeronáutica no auxílio da organização, não só pelo espaço do PAMA cedido ao evento, mas pela atenção dos soldados no local e na distribuição de água.

Se você ainda não foi nesta prova, não perca tempo, mudanças podem ocorrer nos próximos anos. Há rumores de que o espaço do Aeroporto Campo de Marte e do próprio PAMA sejam desativados para a construção da estação do Trem-bala até a Copa do Mundo ou Olimpíada. Daí, a prova com certeza terá grandes alterações.

Para fechar, aproveitando o título do post anterior: “prova sensacional, performance muito boa!”.



8 comentários:

  1. Estou na luta para deixar o sedentarismo! Espero conseguir os mesmo feitos que você! Parabéns!

    www.de0a10km.com

    ResponderExcluir
  2. Rinaldo, muito legal o seu blog. O protesto contra a SS vai longe, muito mais com a divulgação na internet. Tem o meu apoio.

    Abraço e bons treinos!!

    Helena
    Blog Correndo de bem com a vida
    http://helenacvidal.blogspot.com
    @correndodebem

    ResponderExcluir
  3. ---------\\\\|/---------
    --------(@@)-------
    --ooO--(_)--Ooo--
    Rinaldo realmente ontem a prova foi espetacular, só a FAB que quase no final iria fazer uma lambança mais ainda bem que no final deu tudo certo no quesito premiação para o militares da Aeronáutica...Fiquei muito feliz em te reencontrar e parabéns pela prova ainda mais que vc foi guerreiro ainda estava com a cirurgia do dente...Pois se todos os organizadores seguisse o exemplo da JJS EVENTOS iria nos ajudar muito e parabéns também pela protesto na camisa no tocante a S.Silvestre mais os corredores deveriam se unir mais ainda para alguns organizadores nos ouvirem e nos ajudarem...Mais uma vez parabéns e espero correr mais vezes aeee em Sampa...

    Boa semana e bons treinos,

    Jorge Cerqueira
    www.jmaratona.com

    ResponderExcluir
  4. Olá! Parabéns pelo Blog! Já estou seguindo! Visite o meu Blog e participe do sorteio de um DVD! http://plugnosom.blogspot.com/p/divulgue-o-plug-no-som.html! Forte abraço e muito sucesso com o Blog! Edilson – Plug no Som Blogspot.

    ResponderExcluir
  5. Grande Rinaldo !!
    Parabéns aí por mais uma prova no curriculo!!!

    Abraçoss e bons treinos !!

    Romildo

    ResponderExcluir
  6. Como militar da FAB, fico orgulho da impressão que esta prova deixou em ti. Espero um dia poder correr com vcs mais essa. Parabéns pela superação !!! gostei da foto com o F5 tiger. esse avião é rápido !!! um abração e até breve !!!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Rinaldo! Parabéns pela prova! Sabe que nunca fiz esta prova? Acho que vou tentar me inscrever no ano que vem! Quem sabe, o trem-bala ainda não chegou! Rsrsrs.

    ResponderExcluir