segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Biathlon Atletas Solidários: prova boa, performance ruim

Sabe aquela propaganda “Existem dias ruins e dias bons”, na minha versão para a 4a. Etapa do Biathlon Atletas Solidários, “este foi um dia péssimo”. Mas antes que você pense que eu vou descarregar minha ira no organizador, eu já assumo a culpa do fracasso, apesar de que vai espirrar na organização assim mesmo.

O ano está acabando, e com a falta de desafios proporcionada pela alteração da São Silvestre (que eu continuo afirmando que não vou) e o cancelamento tardio do Fast Triathlon Experience, o jeito foi buscar provas diferentes, e uma coisa que eu queria era dedicar um pouco mais de tempo ao triathlon. Estas provas são um pouco caras, na faixa de R$ 300,00, então o jeito é treinar em provas menores e mais acessíveis. Quando esbarrei com a proposta do evento Atletas Solidários, que acontece em Santos (aproximadamente 70 Km de São Paulo), achei ótimo, prova que custa 10% de um triathlon e que proporciona a logística nadar/correr para praticar a transição de modalidades. A prova consistia de 500 metros de natação nas águas turvas da proximidade do Áquario Municipal de Santos (Canal 6) e mais 3 Km de corrida na avenida da praia.

Organizada pela YPS Eventos, a prova deixou um pouco a desejar, mas pode ser considerada boa. Para isto, seguindo o padrão dos blogueiros que gostam de uma análise mais detalhada, destaco na os prós e contras:

A favor:

- ótimo horário de largada, 09:00, que facilita para os estrangeiros como eu chegarem de outras cidades

- pontualidade e organização nas largadas das baterias

- estrutura de caiaques e pranchas no mar, além de salva-vidas dos bombeiros nas proximidades

- staff atencioso

- número de atletas bem dimensionado para o evento

- prova beneficente, renda arrecadada será destinada a compra de brinquedos para crianças carentes no final do ano

Contras:

- problemas com a camiseta: apesar de ser opcional (R$ 7,00), o fornecedor não entregou na data e o organizador se prontificou a envio pelo correio ou permitia a retirada na próxima semana. Como eu não queria causar problemas, aceitei uma da etapa anterior, poupando a organização de ter que enviar posteriormente.

- Banheiros químicos (ou qualquer coisa do tipo): inexistentes

- Taxa (abusiva) do ativo.com na inscrição: R$ 4,20

- área de transição muvucada: quem já fez um triathlon ou qualquer modalidade relacionada, sabe que a área de transição deve ser tratada com muita atenção. Afinal, os equipamentos do atleta ficam ali para as trocas de modalidade (tênis, bike, roupa de borracha, etc.). Eu achei muito estranho que ao cruzar a linha de chegada da corrida, uma pessoa da organização estava anunciando que um atleta havia esquecido a roupa de borracha e equipamento de natação na área. Oras, a prova não havia terminado, e aquele equipamento era meu! Tudo bem que eu cheguei quase por último (veja abaixo os motivos), mas enquanto o último atleta não passa, a área não deve ser desmontada. Peguei o equipamento e fui atrás da minha maior decepção na prova...

- Nada de medalha: o que posso dizer é que, em alguma tela da inscrição, em algum momento, eu vi que quem fizesse a inscrição até 10 dias antes do evento garantiria a medalha de participação, após este prazo, teria que retirar com o organizador. Mas ao terminar a prova, conversei com a coordenação do evento e descobri que esta regra era de outra prova, naquela em que eu estava não era prevista a entrega de medalhas. Pela primeira vez em 116 provas, fiquei sem medalha.

E a minha performance... (quer mesmo falar disso?)

Após pintarem o número da minha inscrição no meu braço, 24 (e sem piadas a respeito, por favor, leia como 2-4, ok?), fui para a área de largada. Mar batido só de olhar, todo encrespado. O tempo feio já indicava que a água estava boa para os pinguins, não para os atletas, e eu detesto até banho de chuveiro frio. Não deu outra, entrei na água e o 1mm de neoprene da roupa não segurou nem por 10 segundos o calor do corpo. Quase travei ali na areia mesmo, mas segui em frente. Ao enfiar a cabeça no mar (turvo e esverdeado, mas isto eu já sabia), entrou água no meu ouvido e o direito parou de funcionar, sensação muito desagradável. A tosse que me acompanhou durante a semana toda voltou com força total, em pleno mar, e lá se vai qualquer tentativa de controlar a respiração. Se meu médico ler este post, nem olha mais na minha cara...

Para completar, depois de algumas braçadas, o óculos de natação embaçou e com a soma de tudo isso, lá se vai qualquer tentativa de vencer a correnteza. Você sabia que a a água é 1000 vezes mais densa do que a do ar, e tem um coeficiente de arrasto 10 vezes maior do ar? Não? Então tente nadar com a cabeça fora da água e você vai entender. Como a minha teimava em enfrentar a água gelada, com ouvido doendo e sem visão alguma, arrasto total. Alguns se agarraram aos caiaques da organização e nem sei se continuaram a prova, mas eu fui adiante, nadando do jeito que conseguia, apesar da baixa velocidade. Que bom que não estava de relógio, deve ter sido um desastre de proporções épicas o tempo total dos 500 m.

Cheguei de volta ao continente com pique de ainda correr os 3 Km, aliás, acho que correria bem mais, estava feliz por estar novamente no asfalto firme.

Acho que somando tudo, performance ruim não vale medalha mesmo, ainda que seja somente de participação. Quem sabe na próxima eu melhoro e mereça algum tipo de reconhecimento.

E pensar que no mesmo dia aconteceu o evento máximo do Triathlon, o Ironman de Kona, no Havaí.

Vai sonhando, um dia você chega lá.




8 comentários:

  1. Nossa muito bom fez um review completo do evento, parabéns pelo blog vou segui.

    www.mais1km.com

    ResponderExcluir
  2. Se eu conseguir nadar essa distância no mar já vou me considerar uma atleta de elite, nadar e correr então ... primeiro lugar na categoria os mais lentos de todos os tempos.
    Parabéns! Vc completou a prova, eu não conseguiria.

    Abrçaos e bons treinos

    ResponderExcluir
  3. Legal seu blog cara, acho que vi vc lá :D segue o meu blog para vc dar uma olhada !
    http://www.matheusgrijo.com.br/
    Bons treinos amigo!

    ResponderExcluir
  4. ---------\\\\|/---------
    --------(@@)-------
    --ooO --(_)--Ooo--
    The number two four...kkk...to brincando, realmente tem coisas que planejamos mas a vezes não dá certo o que fazer nessas oras é não desistir, o ruim é que vc já tinha se preparado para uma prova e o organizador acabou cancelando a outra prova, mas ainda bem que vc conseguiu achar outra, agora a organizacao dessa prova teve falhas hein, eu também fico p...da vida com essas taxas de conveniencias me faz lembrar da CPMF...rsss...Agora vc teve o maior trabalho e chegar no fim e não ter medalha é brincadeira né eu não faço mais provas assim pois tem que ter pelo menos a de participação, mas mesmo assim com todas as adversidades meus parabéns por mais um desafio alcançado...Nos encontramos no dia 12 Out 2011 na corrida Santos Dumont eu vou correr ela também.

    Bons treinos,

    Jorge Cerqueira
    www.jmaratona.com

    ResponderExcluir
  5. é realmente um absurdo o que se cobra nas inscrições de provas de triathlon. Aqui no RJ, a federação tem cobrado um preço justo e o esporte está crescendo. Quando vi o preço para o 70.3 de penha, desisti. Vou fazer meu 70.3 particular, soloman.

    Parabéns pela prova!! Apesar das falhas grosseiras da organização.

    ResponderExcluir
  6. Nossa Rinaldo, tudo foi contra você nesta prova heim? rsrs
    Mas, o que realmente vale é a participação.

    Quanto ao fato da medalha, é um absurdo nos dias de hoje fazerem um evento esportivo e não premiarem com medalhas de participação aos atletas participantes.

    Abraço e bons treinos.


    tutta-BALEIAS/Pr
    www.correndocorridas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá Rinaldo, tudo bem?
    Tambem participei desta prova, inclusive de touca azul, com um macaquinho azul escuro e azul claro. Tambem fiquei frustrado com a falta de camisa e não tive ainda nenhuma informação de quando virá. Tinha visto na página sobre a entrega das medalhas e fiquei surpreso ao saber agora que não terá. Acho que você foi bonzinho ao colocar os "contras", pra mim, ainda cabe a péssima pagina na web do organizador e a falta de fotos e videos. Eu "participo" (diferente de competir) desses eventos, e gosto de ver fotos da prova, elas mostram aspectos que as vezes somem dos olhos de quem está participando.
    Parabens pelo blog e, se tiver mais fotos que possa mandar...
    bombeiromococa@hotmail.com
    http://www.facebook.com/carchedis

    ResponderExcluir
  8. Não tenho comentado muito, mas na medida do possível tenho acompanhado as atualizações.

    Boas Corridas!!

    Alessandro
    http://blog42195.blogspot.com/
    @alesilvabr

    ResponderExcluir