terça-feira, 19 de março de 2019

Corrida virtual... e se a moda pegar?


Hoje em dia tudo é “virtual”: sua agência bancária, seus amigos, seus dados... por que não a corrida também? Antes que os sedentários de plantão pensem algo do tipo “essa sim eu faço”, o conceito não é só ficar no sofá fazendo de conta que está correndo, a parte virtualizada é o evento em si, mas não o esforço físico. Surgida recentemente com alguns eventos que até apareceram em calendários de provas “reais”, o conceito de uma corrida virtual é voltado ao atleta que vai correr no seu tempo, no seu lugar, e o mais importante de tudo, no seu próprio ritmo. Então é um treino? Não deixa de ser, mas tem com premiação e tudo ao final.

Resolvi experimentar um “evento” do tipo para satisfazer minha curiosidade, a Ice Run, organizada pela 99Run, onde o conceito era bem próximo de uma prova normal: inscrição pela internet, prazos, regulamento, distâncias para cada gosto, kit e medalha ao final, mas com o diferencial de correr quando e onde quisesse, inclusive na esteira, para cumprir o estabelecido. A inscrição, já com postagem do kit “pós-prova” estava em torno de R$ 37,00 quando fiz a minha, mas com um cupom de desconto promocional acabou saindo pouco mais de R$ 30,00, um pequeno preço para se experimentar o formato.

Regras básicas: inscrição na modalidade desejada (4, 7, 12, 21 ou 42 Km), prazo para inscrição e comprovação da distância até 20/03/2019, vale qualquer treino registrado pelos principais aplicativos de corrida (Strava, Nike, RunKeeper, etc.) ou foto da esteira com o tempo e distância final, desde que em data após a confirmação da inscrição. Como diz o site, compre hoje, corra amanhã. O processo de inscrição era feito através de sites de inscrição, no meu caso através do Ativo.com, e como o pagamento foi feito em cartão de crédito, a aprovação aconteceu logo em seguida e eu já estava liberado para comprovar minha participação.

Resolvi pegar um dos treinos longos e fazer um pouco a mais de rodagem, fechando os 21 Km. Como meu percurso padrão tem em torno de 18 Km, fiz um pouco de vai-e-volta para completar o trajeto, e só por segurança, corri com o Strava no celular e o TomTom no relógio, pois se um travasse (o que não é tão difícil de acontecer), teria o outro para comprovar o feito. Domingo ensolarado, mochila de hidratação nas costas, completei meu percurso com aferimento oficial do Stavava em 02:26:19, lento mas diga-se, não muito plano. É claro que a cobrança de tempo não é tão grande quanto estar em uma corrida, com outras pessoas ao redor, mas sabendo que você entrará em um ranking, também não dá para enrolar muito.

Na sequência, tudo muito fácil: cadastro rápido no site, envio da tela
do aplicativo de celular, confirmação de endereço de entrega do kit e até uma lojinha com mais algumas bugigangas de corredor caso o participante quisesse aproveitar o frete já pago na inscrição. Chegaram então e-mails informativos com as etapas de embalagem do kit, postagem e código de rastreamento, tudo muito bem organizado. Quarta-feira da mesma semana eu já estava com o kit em mãos, composto por:
  • 1 medalha com cordão personalizado com a distância
  • 1 número de peito (acredito que igual para todos, apenas de recordação)
  • 1 álbum do corredor com 1 figurinha da corrida ICERUN
  • 1 manual do corredor
  • 1 carbogel
  • 1 torrone sport
  • 5 barrinhas de gergelim (brinde comemorativo da Semana da Mulher)



Tudo de excelente qualidade, inclusive a medalha que é muito bonita, portanto valeu pela experiência. Há outras corridas no circuito 99Run e eu não descarto em participar novamente, pois o serviço prestado foi muito bom, além de ser um evento diferente no cotidiano de treinos e provas. Então, uma breve análise:

Pontos positivos
  • motiva a cumprir a distância contratada, pois vai necessitar comprovação.
  • também motiva a não enrolar o treino, para “sair bonito na foto”.
  • baixo custo, brindes muito bacanas e mais uma medalha para a coleção.
  • pelo menos desta empresa, 99Run, só posso elogiar a organização e eficiência do processo.

Pontos negativos
  • nada substitui uma corrida de verdade, onde encontra-se colegas, corre-se com outros atletas, enfrenta-se o que der e vier de clima e temperatura.
  • talvez o corredor mais exigente considere um gasto desnecessário para o que pode ser considerado somente um “treino”, mas vai de cada um.
  • deve-se considerar o prazo de comprovação e a distância, pois muitas vezes o corredor não tem o tempo durante uma semana normal de trabalho para cumprir um trajeto extenso.

Sugestão
  • oferecer um sugestão de kit com camiseta, tendência dos provas atuais.


Como disse acima, missão cumprida, mais um tipo de evento experimentado e muito satisfeito com o resultado (não tanto do meu tempo, mas sabe como é, corredor nunca está feliz com seus números...)

2 comentários:

  1. Legal mais prefiro a rua a praia e a montanha,tenho 69 anos e corro todos os dias 10 km sempre intercalando areia ,asfalto e morro completando com mais 40 minutos de musculação e ainda sinto falta no fim do dia para fazer alguma coisa mais,só descanso no sábado para competir no domingo fora a louça e a faxina que a esposa manda eu fazer heeeeee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bacana, continue assim! Morando em São Paulo a opção de praia e montanha acaba sendo só final de semana ou férias. Com certeza muito mais agradável que o asfalto!

      Abraços!

      Excluir

Sua opinião, a favor ou contra o texto, será sempre respeitada, desde que você também respeite a educação e os bons costumes. Infelizmente (sei que não é o seu caso) eu tenho que deixar a moderação ativa, pois sabe como é, tem gente que não sabe se comportar...