segunda-feira, 18 de junho de 2012

Maratreino de 25K

Em primeiro lugar, vamos esclarecer uma coisa: meu boicote às provas da Yescom ainda não acabou. O motivo você já sabe, eu não concordo com as mudanças na São Silvestre e acredito que o horário da Maratona de São Paulo é uma ofensa aos corredores que se propõem a completar os 42K, um absurdo imposto pela emissora de TV que transmite a prova. Mesmo assim, não é do meu feitio “pipocar” em provas, acredito que isto é um desrespeito ao corredor que pagou inscrição, portanto, para participar da prova de 25K na edição da Maratona de São Paulo deste ano, eu estava regularmente inscrito. Sendo assim, vamos aos fatos.

O esquema é o de todo ano: retirar o kit no Ginásio do Ibirapuera, jogar fora as propagandas dos patrocinadores, separar o que interessa do restante de bugigangas e deixar a postos o chip descartável, número de peito e camiseta. Como a largada ocorre na Ponte Estaiada em frete aos estúdios da tal emissora e a chegada é no Ibirapuera, a organização disponibiliza ônibus que levam o corredor das imediações do parque até a Av. Jornalista Roberto Marinho . Primeira crítica: o organizador estampa em tudo que é lugar no regulamento e na entrega de kits que tudo é uma “cortesia”, ou seja, se der alguma bobeira e quiserem cancelar, o corredor não poderá reclamar. Tudo bem, também fiz a cortesia de pagar a minha inscrição corretamente.

Não bastasse o horário de largada absurdo, 08:25 (item 1.6 do regulamento...eu também sei esfregar o regulamento na cara dos outros), ainda atrasam de acordo com as diretrizes da transmissão. O atraso foi pequeno este ano, e por volta de 08:35 todos já se encaminhavam para a tal ponte, naquele clima de festa que é típicos dos corredores. O tempo frio ajudou bastante no início, mas não demorou muito para o sol aparecer e queimar os miolos e bonés de quem já estava aquecido. No sistema de som anunciava-se “20 mil participantes”, mas sinceramente, estes números ainda precisam ser auditados. Além do mais, geralmente em torno de 2 a 3 mil terminam os 42K, a maioria está dividida entre os 10K e 25K, além de uma caminhada de 3K que acontece ao mesmo tempo. Já vi muito leigo em corrida perguntar no dia seguinte “nossa, você estava naqueles 20 mil que correram a Maratona?”. Pois é, se dá tempo eu explico que nem tudo que aparece na TV é verdade, senão fica por isso mesmo.

Pontos a serem elogiados: entrega de kit rápida e organizada, ótima hidratação, com postos a cada 3 Km aproximadamente, postos de Gatorade e gel de carboidrato, staff bem espalhado pelo percurso. Ah, o percurso... nada fácil, cheio de sobe e desce, curvas, túneis e pontes, mas como diz o professor da academia “Quer moleza? Vai pra esteira!”. Pela primeira vez em 3 anos, eu tenho a satisfação de encerrar esta prova nos 25 Km, o ponto exato onde ela fica chata, ou seja, a Av. Politécnica. Após 02:54:55, eu parecia até ouvir aquela vozinha de GPS dizendo “Você chegou ao seu destino”. E é claro, vamos elogiar a medalha, que ficou muito bonita e com as devidas marcações das distâncias de cada prova.

Pontos ruins, pontos a favor, mas e os pontos legais? Aí vão: corri confortável, sem muito ritmo, às vezes acelerando, às vezes molengando um pouco. Parecia até um treino intervalado, mas para mim era realmente uma sessão de treinamento, já que o objetivo era fazer uma prova longa antes da Maratona do Rio daqui a 3 semanas sem estourar a carroceria. Vi algumas figuras da corrida e mais uma vez encontrei a colega Ivana do blog No Mundo das Lulus, no exato Km 24,5, pouco antes do tapete final. Conversamos até a chegada e ainda achei mais um blogueiro, o Alessandro do Correndo Que Me Entendo na fila dos ônibus que voltariam ao Ibirapuera. Presentão encontrar estes dois ao final da corrida!

Tirando a bagunça do embarque do ônibus e o trânsito na Av. Nove de Julho, o resto está de bom tamanho. Fico apenas chateado de não participar dos 42K na minha cidade, mas não vou mais sofrer igual aos outros anos, percurso chato e sol fervendo o crânio. Enquanto não mudarem o horário, posso até participar das próximas edições, mas em distâncias bem abaixo da Maratona. Ainda tenho esperança que a tal emissora deixe de dar palpites no horário desta prova e resolva transmitir alguma outra coisa no lugar, ou fazer igual às lutas de MMA que são transmitidas “ao vivo” muito tempo depois dos participantes estarem em casa com gelo na cara.

Parabéns a todos que concluíram, não importando a distância ou o tempo final!

10 comentários:

  1. Calma Rinaldo acho que é perseguição , kkkk,adoro suas redações , voce realmente deu o "sangue" na prova , o cara que corre 42 km é um suvivor , o calor Deus me livre, acho que deveriam inverter o percurso da prova assim os tuneis e a Politecnica e a USP, ja estariam longe e o psicologico melhor , e agora tem a categoria correr com pneu, voce viu o cara, prova que só tem louco correndo esta prova kkk Parabens , vou procurar melhorar para ficar inteiro no rio....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Alessandro, espero que você já esteja recuperado e pronto para a próxima!

      Abraço!

      Excluir
  2. Parabéns pela participação no treinão de luxo de 25 km, Rinaldo! Também sou defensor da mudança do horário, qualquer meia hora que fosse já ajudava bastante. Mas sigo enfrentando o sofrimento. Esse ano, pelo menos, a inscrição veio no 0800, graças ao Twitter.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, vamos fazer um pouco de pressão para mudar este horário, parece que todo ano o sol resolve sair com força bem no dia da prova.

      Vou passar lá no blog para ler o seu relato também, desde já, parabéns!

      Excluir
  3. É sempre bom encontrar os amigos, mesmo que seja no finalzinho!

    A corrida foi bacana, organizada, não faltou água, isotônico e gel!!! Gostei!!!

    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amiga,

      Legal encontrar você lá, valeu pela companhia nos metros finais!

      Abraço!

      Excluir
  4. Foi aí que fiz a minha estréia em maratonas em 2008. E pra dizer a verdade eu gostei, principalmente dos túneis. hehe
    Mas, só pretendo voltar se acaso a prova "cair" no dia do meu aniversário, como em 2008. hehe.

    Grande abraço e parabéns pelo ótimo "treino" de 25km.
    Nos vemos no RIO.


    tutta/Baleias/PR
    www.correndocorridas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O percurso até que é legal, precisavam tirar aquele trecho monótono da USP e melhorar o horário. E a organização até que está boa, vamos esperar que continuem assim.

      A gente se vê lá nos 42K do Rio!

      Excluir
  5. Grande Rinaldo !!!

    Meu amigo aquele sol veio para ferrar mesmo ... poxa custava aquela frente fria chegar no domingo? Mas enfim, não sei se mesmo nevando eu sem treinos iria terminar os 42k ... Mas o fato é que este horário de largada é o RIDICULO mesmo !!!

    Parabéns pela Prova e muito show como sempre seus posts ...


    Sucesso Sempre !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Acácio! A gente se vê nas próximas, quem sabe com horário mais humano.

      Excluir