segunda-feira, 23 de julho de 2012

Ecorrida: dentro do esperado

Apesar das diversas restrições que já coloquei para participar das provas da Yescom, resolvi dar mais uma chance e me inscrevi na Ecorrida que aconteceu neste último domingo na USP. Permaneço evitando as provas onde aquela emissora de TV que não tem nada a acrescentar na vida das pessoas mete o nariz, e por ser uma prova pequena, esta era ideal para ir lá para fazer o que deve ser feito em uma corrida: correr, ao invés de ficar saltitando feito um macaco na frente das câmeras da TV. Com as opções de 5K, 10K ou revezamento em equipes de 6 atletas, optei por fazer a parte solo de 10K, já que não dava tempo de montar uma equipe no curto período de tempo entre a decisão de participar e a inscrição.

O preço, comparado ao das demais provas da atualidade, era bem convidativo: R$ 40,00. Acontecendo basicamente na raia olímpica da Cidade Universitária, o percurso só não é mais plano devido às lombadas. Ou seja, perfeito para acelerar ao máximo e quem sabe até diminuir o tempo na distância. Não fosse, é claro, uma decisão difícil na véspera: manter o treino insano de bicicleta já previsto ou descansar e tentar bater o relógio. Escolhi a primeira opção e fui rodar meus 75 Km planejados para o dia, já sabendo que a performance do domingo estaria comprometida. Eu não me importo com recordes, e pular treinos previstos me dá nos nervos, me sinto um inútil irresponsável, então achei melhor seguir o planejamento. As pernas até que estavam com fome de asfalto no dia seguinte e prontas para correr, mas a lombar estava tão flexível como uma tábua de passar roupas. Mesmo assim, o tempo final de 01:00:53 até que me agradou, geralmente eu faço a distância em ritmo um pouco mais devagar.

Não tenho reclamação quanto à prova, achei que até estava bem organizada, com muitas informações aos corredores no sistema de som antes da largada, bom estacionamento da USP e kit simplório mas bem organizado, composto de camiseta, chip descartável, guloseimas e um pequeno chaveiro lanterna do patrocinador, a OAB. E é claro, a gafe de sempre nos suplementos: quando não é Whey Protein para maratona, é gel de carboidrato para prova de 5 Km. Bom, foi para a sacolinha de reservas, é claro. O kit pós-prova também foi simplório, com torrone, barrinha de cereal, Gatorade e medalha. Quer saber, prefiro assim, não preciso de mais tralhas de corrida, paguei pela prova, não por mais quinquilharias nos armários.

Os únicos pontos a comentar dizem respeito à troca de local de entrega do kit na véspera (para mim foi até melhor, mas já estava no regulamento o outro local) e as informações incorretas sobre o acesso à Cidade Universitária. Veja as bobagens:

No regulamento dizia...

"A organização informa as melhores alternativas de acesso ao local da prova:

a. Portaria 02 – Av. Escola Politécnica
b. Portaria 03 – Av. Corifeu de Azevedo Marques
Atenção - A portaria 01 estará interditada no dia da prova."

... mas a realidade era esta:

"a. Portaria 02 – Av. Escola Politécnica - FECHADA
b. Portaria 03 – Av. Corifeu de Azevedo Marques - GUARDA NÃO DEIXOU ENTRAR
Atenção - A portaria 01 estará interditada no dia da prova. - ÚNICO ACESSO ABERTO"

E também informava:
Obs. O atleta não é obrigado a seguir essa dica, pois a mesma é sugestiva, eximindo a ORGANIZAÇÃO de qualquer tipo de responsabilidade.

Se eu não conhecesse o caminho para dar a volta ou não estivesse de carro ou pior ainda, estivesse atrasado, teria perdido a largada da corrida. É o tipo de coisa que tem que estar fechado com o local da prova, não pode ser feito às cabeçadas, afinal o acesso não é tão simples assim para quem tem que dar a volta na região toda só para acessar outro portão.

O mais divertido para mim foram os metros finais da prova. Estava apertando o ritmo na segunda metade e passei duas vezes por uma garota alta no Km 8 (chamou a atenção pela cor da roupa diferenciada) e no Km 9 ultrapassei um tiozinho baixinho de cabelos grisalhos que pareceu não gostar muito da ideia. O cidadão apertou mas não me alcançou. Quando estava nos 200 metros finais, ambos passaram por mim emparelhados, quase que para provocar. Não me provoque, eu não reajo muito bem. Apertei o passo e na curva 180 graus que dava acesso aos 50 metros finais, o tiozinho enganchou na grade, a garota errou a curva e eu passei pelo meio dos dois, numa manobra no melhor estilo Tom Cruise em Top Gun. Mandei apertar os cintos e colocar as poltronas na posição vertical, recolhi o reverso da turbina, desci a mão no manete de potência e acelerei o que dava. O tiozinho ainda chegou perto, mas não deu pra ele. Mesmo assim, estão de parabéns, pegaram pesado no final.

Participar de uma prova da Yescom não é o fim do mundo, a empresa até que se esforça para organizar bem, apenas alguns pequenos detalhes ainda precisam ser melhor trabalhados. Resumindo, relação custo benefício desta prova: ótima.

12 comentários:

  1. Olá Rinaldo.
    Eu vou estrear na Yescom no dia 5 na Corrida do Criança Esperança. E não só você mas muitos dos experientes comentam dos problemas dessa organizadora.
    Mas vamos ver, vou nessa "prova" por prazer e pra ajudar, sem me preocupar com mais nada!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiz,

      Boa sorte lá na prova, espero que seja bem organizada e você possa realizar uma boa corrida.

      Abraço!

      Excluir
  2. Grande Rinaldo! Muito legal e divertido o relato da prova (Com o tiozinho enganchando na grade, hehe). Eu também não sou totalmente contra a Yescom, apesar de não respeitar muito o seu principal cliente (o corredor), é uma das poucas que ainda mantém preços "sãos" nas corridas de rua. Sigamos ponderando entre os 08 e os 80 das corridas de rua.
    Abraços,
    Isma
    runsp.blogspot.com
    @i1982

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está certo, os preços as corridas da empresa ainda são aceitáveis. Mas quanto ao não respeitar o "cliente", já vi que isto acontece com diversas organizadoras.

      Abraço e bons treinos!

      Excluir
  3. Parabéns pela prova Rinaldo.

    "Rachei" de rir quando você falou que o tiozinho enganchou na grade e a moça errou a cruva e você passou no meio dos dois. Fiquei imaginando a cena e morrendo de rir aqui. kkkkkkk

    Grande abraço.


    tutta/Baleias/PR
    www.correndocorridas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tutta,

      O mais incrível é que o cara realmente enroscou na grade, um erro de cálculo na curva!

      Abraço!

      Excluir
  4. Caro Rinaldo, fico pensando que para uma corrida que se diz ecologica. imagine o quanto de combustível queimamos só em ter que dar aquela pena volta de uma portaria até a outra, sendo que muitas pessoas não conheciam o percurso de uma até a outra. A minha sorte é que consegui seguir um carro que tinha que fazer o mesmo percurso.

    Att.,

    Adilson R. Albertini

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, realmente não teve nada de "eco", poderia ter mais iniciativas neste sentido. Mas quanto aos problemas, não é nem o problema ecológico e sim de logística dos corredores.

      Abraço!

      Excluir
  5. É Rinaldo são pequenos detalhes para uma empresa que esta queimada nos incomodam um pouco , mas o principio de correr ainda supera estas diferenças, caramba na hora que o tiozinho caiu e moça errou o caminho voce não cruzou um gato preto e falou sai zica !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo com alguns inconvenientes que já conhecemos, até que a prova foi legal, bastaria acertarem estes detalhes com mais cuidado. O tiozinho não chegou a cair (ainda bem, teria se machucado), mas enroscou mesmo na grade.

      Abraço!

      Excluir
  6. Parabéns Rinaldo.
    Na corrida tem tem tudo né,acho que por isso que é divertido correr,eu quando participo de uma corrida eu corro com prazer pq fico o tempo todo curtindo tudo,fico emocionada de ver pessoas idosas correndo no asfalto com baita sol de queimar o lombo,acho show.
    bons treinos..abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu! É bom saber que mais gente aproveita a corrida, não só a busca de resultados.

      Bons treinos!

      Excluir