segunda-feira, 11 de março de 2013

Corrida Mercedes-Benz: na Terra de Gigantes!

Se o relógio que uso nas corridas fosse político, morreria de fome: ele não sabe mentir. O fato é que o dispositivo estava na gaveta desde a última corrida que participei, quase 3 meses atrás, portanto ainda constava o horário de verão. Ajustes feitos, é hora de participar da primeira prova de 2013, Circuito Correr e Caminhar etapa Mercedes-Benz, dentro da fábrica da montadora alemã em São Bernardo do Campo, SP.

E numa época onde adiam prova, aumentam absurdamente valores de inscrição entre outras palhaçadas dos organizadores, esta saiu de graça, onde em menos de 20 minutos no dia de abertura dos cadastros todas as vagas para corrida 10K e 5K foram preenchidas. Por sorte consegui fazer minha inscrição a tempo e garantir a participação, pelo menos para começar o ano em um distância confortável de 10K.

A retirada de kits aconteceu na véspera em um shopping center de Santo André, não muito perto do local da prova, mas na mesma região. Entregue dentro de uma loja de esportes, camiseta, sacola e
número de peito acompanhavam um desconto de 10% nos produtos da loja. Enquanto os kits eram retirados, o mundo desabava lá fora, e São Paulo e seus municípios vizinhos eram lavados por uma torrente de água que só trouxe dor de cabeça.

No dia seguinte, tempo limpo (e semáforos apagados pela cidade), foi fácil chegar ao local da prova e estacionar na própria área da montadora. Chips retirados de forma rápida e organizada e era só esperar pela largada às 08:30, um horário um pouco tarde para a época do ano, já que o calor vinha assando tudo pela frente nas últimas manhãs. Enquanto isso, encontrei os colegas Rafael Marrone Fonseca e O Corretor Corredor para um papo rápido (sobre corrida é claro) e algumas fotos. Com pequeno atraso, os corredores partiram para suas distâncias e os caminhantes para os 5 Km, com bastante curvas e vai e vem pela fábrica.

Apesar de não ter o charme da Volkswagen Run, que passa pela linha de montagem dos veículos, nesta o diferencial era passar por imensas fileiras de caminhões alinhados e traçando o percurso em alguns pontos.
Os corredores ficavam pequenos frente aos gigantes fabricados pela empresa, como se a “casa” tivesse sido arrumada para esperar nossa visita. Uma pena que não figuravam os carrões da marca, teria sido um luxo só, mas aí ia ter mais gente tirando foto do que correndo.

Uma pirambeira lá pelo Km 4 foi enfrentada duas vezes pelos corredores de 10 Km, pois passávamos duas vezes pelo local, e este foi o único ponto de reduzir a marcha e engatar a tração para subida. A partir do Km 5 praticamente fazia-se o trajeto contrário, voltando para a área de largada, onde medalha, água e frutas aguardavam os corredores.

Gratuita e bem organizada, a prova valeu a pena. A título de apontar algumas coisas que poderiam ser corrigidas, temos a água que em alguns pontos estava quente e a medalha que não continha nenhum símbolo da montadora, e sim do circuito Correr e Caminhar. Caminhantes não recebiam medalha e na minha opinião isto é bobagem, pois venceram um desafio da mesma forma, não sendo justo apenas entregar uma medalha com as mesmas inscrições que a dos corredores.

E o relógio não mente mesmo, no meu ritmo de sempre, 01:05:43. Nem melhor, nem pior que as últimas marcas na distância, o de sempre. Já está de bom tamanho, corri pouco neste mês e estou variando com outras modalidades como bike e natação, então não exijo muito dos meus resultados.

A próxima, apesar de eu estar um pouco chateado com o organizador, será a Meia Maratona de São Paulo na próxima semana. Vamos ver no que vai dar.

12 comentários:

  1. Grande Rinaldo.
    é sempre uma honra encontra-lo nas corridas. e parabéns por concluir mais uma prova em grande estilo.
    Tenha uma boa semana e bons treinos
    Abçs
    Rafael Marrone
    marroneocorredor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Rafael, foi muito bom revê-lo!

      Parabéns pela prova e até a próxima!

      Excluir
  2. E aí Rinaldo, blz?

    Participei da prova e tive as mesmas impressões que vc, a agua quente e a falta de medalha para os caminhantes foram os pontos negativos. gostei daquela subidinha, pq é um grau de dificuldade que as vezes a gente precisa enfrentar. No mais foi uma prova bem organizada, muito diferente de muitas que são pagas.

    Abraços.

    Adilson

    minhamedalha.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, muita prova organizada tem muito mais furos que esta. Mesmo assim foi um evento bem legal, quem sabe nos próximos os caminhantes recebam a medalha também.

      Abraço!

      Excluir
  3. Corri por dois anos esta corrida , e não era fácil , tudo que sobe , no outro lado desce e assim foi , como era uma prova que meu pai me acompanhava , deixei de lado assim que ele faleceu , boas lembranças eu tinha desta prova....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A prova continua legal, e as subidas continuam lá, quem sabe você não se anima e corre as próximas para lembrar os bons momentos.

      Abraço e bons treinos!

      Excluir
  4. Bom dia...eu e minha esposa fizemos os 10k e também gostei da prova (moro próximo) e gratuita, quem não quer?
    Pena a água não estar mais gelada, mas gostei do percurso e a organização foi muito boa para uma prova gratuita..
    Eu fiz em 1h 01m
    Minha esposa em 1h 02m
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você e sua esposa estão de parabéns! Realmente a água poderia estar um pouco mais fria, pois em alguns postos o sol estava bem forte. Mas valeu assim mesmo.

      Bons treinos!

      Excluir
  5. excelente prova !!! parabéns !!! vamos treinando que o tempo cai ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu amigo! Deve ser esse então o problema: não arranjo tempo para treinar!

      Abraço!

      Excluir