terça-feira, 3 de setembro de 2013

Altos e baixos na 2ª etapa do EcoDuathlon

Todo começo é complicado, mas digamos que o EcoDuathlon, prova que teve sua primeira etapa em Maio/2013 e a segunda neste último domingo, até que se saiu bem. Não recebe nota 10 de maneira alguma nesta edição de continuação, mas também não foi ruim. Apesar de eu não ser lá grandes coisas no que se refere a desempenho, sou um pouco exigente para o quesito “organização”, especialmente quando a prova envolve mais de uma modalidade esportiva. Que fique registrado aqui a melhor das intenções, pois a crítica é baseada em uma série de ajustes simples que podem tornar as próximas edições imperdíveis.

Primeiro vamos falar do lado bom: para uma prova de logística complicada, troca de modalidades, área de transição e percursos que se cruzam em alguns pontos, o valor de R$ 75,00 de inscrição é bem justo, mais barato que muita corridinha de 5 Km organizada em São Paulo e região. Kit simples, camiseta, sacola, viseira, número de peito, chip descartável para o tênis e plaqueta para a bicicleta, além da bela medalha ao final, ou seja, tudo que o corredor precisa sem encarecer o pacote.
Nesta segunda edição foi bem mais interessante ter largada única, tanto o atleta da modalidade Speed quanto de Mountain Bike partiram para o percurso inicial de corrida de 5 Km ao mesmo tempo. Maior competitividade na transição, e os dois tipos de bicicletas se misturavam no trecho de 20 Km de pedal. Para completar, os 2,5 Km finais de corrida trouxeram uma surpresa desafiadora para quem participou da primeira etapa: nada de trecho plano, uma bela subida para as pernas já dormentes da maioria, um desafio e tanto.


Estaria tudo de bom tamanho, não fossem alguns pequenos detalhes que prejudicaram sutilmente o evento. A prova atrasou um pouco devido à quantidade de “atrasildos” que não sabem cumprir o horário de entrega das bicicletas na área de transição. A região ao redor do Bosque Maia em Guarulhos não possui tanto espaço para estacionar, mas isto não é justificativa, regulamento é para ser cumprido. Faltou
um pouco mais de informações no sistema de som quanto à estrutura da prova, afinal muita gente estava ali pela primeira vez e não conhecia alguns detalhes de uma prova de duathlon, como por exemplo, empurrar a bike até o final da área de transição e só montar após a faixa. Resumindo, faltou o tal “congresso técnico”, onde alguém da organização explica para os participantes o formato do evento antes da largada.

Outro ponto que chamou atenção foi a presença de “corpos estranhos” no circuito. Muita gente entrou pelo meio da prova para atravessar rua, passear com crianças e até pedalar. Este tipo de coisa não deve acontecer em
hipótese alguma, é a segurança dos atletas e das pessoas que está em questão, sendo que um pouco de ação dos staffs já ajudaria a minimizar o problema. Ao final da prova, a área de dispersão estava um pouco muvucada devido ao pouco espaço, atletas que já haviam terminado o percurso embolaram a saída de quem partia para o segundo trecho de corrida. Não havia placas de quilometragem, o que na corrida prejudicava o controle de ritmo dos que não foram munidos de GPS.

Mas a principal sugestão fica no que se refere aos cavaletes na área de transição. Com certeza melhorou muito desde a última edição, com mais espaço e organização, mas que falhou em um ponto simples e que faz toda a diferença: criar fileiras numeradas de acordo com a inscrição do participante. Melhora no momento de buscar seu equipamento, organiza, e não tem custo algum para o evento.


A prova é realmente muito legal e espero que tenha vida longa. Afinal, são poucas opções de provas neste formato, que contemplam distâncias não exageradas de corrida e a oportunidade de trocar de esporte no meio do evento. Uma ótima oportunidade para os corredores iniciarem nos "...athlons" da vida e quem sabe tomarem gosto pelo esporte.

No meu caso, terminei em 01:44:05, não é lá essas coisa de tempo, mas tive a sensação de que treinar a transição entre as modalidades está fazendo efeito, sofri bem menos ao trocar o movimento das pernas. E novamente a dupla dinâmica corredor/bicicleta cumpriu mais uma façanha!

Pensando em encarar uma prova deste tipo? Tem todo meu apoio, com certeza você não vai se arrepender. Mesmo com os altos e baixos apontados, espero que o EcoDuathlon tenha novas edições, com certeza irei participar.


8 comentários:

  1. Oi Rinaldo, que bom seria se todos os atletas pudessem dar seus conselhos a organização das provas e fossem ouvidos, realmente me parece que foram detalhes que poderiam ter sido evitados com o mínimo de esforço, o congresso técnico pode até ser substituído por uma cartilha dentro do kit explicando a organização da prova. Parabéns por essa oportunidade e por estar se desafiando nesse provas com mais modalidades espero que tenha sucesso sempre.
    Bons Km´s
    Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju, o problema é que as regras realmente estão no regulamento, mas o pessoal não lê. O "congresso" pode ser até mesmo via megafone antes da prova, o que importa é informar. Ah, mas tenha certeza que os organizadores leem nossos posts, por isso eu preferi ao invés da simples crítica, sugerir as melhorias.

      Obrigado e bons treinos!

      Excluir
  2. Nossa, muito bom, amigo, verdadeiramente ! Meu carinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu amiga! Só preciso caprichar um pouco mais na performance, mas um dia eu chego lá!

      Excluir
  3. Este tipo de prova deve ser bem legal mesmo. Ainda não tive o prazer de participar de alguma. Mais pretendo um dia. rsrs
    Abraço e parabéns pela boa participação.


    tutta-Baleias/PR
    www.correndocorridas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tutta,

      É muito legal participar deste tipo de prova, muda bastante a estratégia com relação à corrida apenas.

      Abraço e bons treinos!

      Excluir
  4. Rinaldo,
    Faz um tempo que não entro nos blogs, então passar por aqui é compromisso!
    Bah, bem bacana essa prova.
    Uma bela iniciativa, apesar das falhas que aconteceram.
    Sinceramente é a primeira vez que me sinto "tentada" a pensar em algo do gênero.
    Parabéns pela prova e por trazer essa nova experiência por aqui.
    Abraço!
    Bom final de semana,
    Ingrid

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também ando meu "ausente" nas últimas semanas, mesmo os 2 últimos posts saíram atrasados por falta de tempo, mas obrigado pela passada aqui!

      Falhas acontecem, tenho certeza que o organizador vai caprichar nas próximas, a prova foi muito legal.

      Boas corridas!

      Excluir