terça-feira, 17 de setembro de 2013

Livre-se dos “Nelsons”

Conhece o Nelson, aquele personagem pentelho dos Simpsons que sempre dá aquela risadinha idiota “há-há!” quando acontece alguma coisa errada? Pois é, se não conhece, deve ter algum “Nelson” perto de você, agora ou no seu dia a dia. Estou falando daquelas pessoas que teimam em tentar menosprezar outras pessoas ou suas conquistas, e como você que é corredor deve saber, terminar uma corrida não é nada fácil. Consequentemente, você atrai “Nelsons” por todo lado, seja aqueles que não entendem chongas do que é o nosso esporte favorito ou que simplesmente querem fazer você se sentir inferior. Pessoas que não entendem nada são fáceis de lidar, geralmente perguntam “em que posição você chegou?”, sendo a resposta padrão “em pé!” e morre aí o assunto, o problema são os que tentam te rebaixar.

Mas antes, um aviso: você não é nenhum Superman ou Mulher Maravilha só porque corre. Afinal, você faz isto porque treina, e isto te dá poderes (quer dizer, capacidade) de suportar o esforço de uma corrida de rua, seja de 3, 5, 10, 21, 42 ou sabe-se lá quantos Kms. O fato é que você “trabalha duro” para isto, então a recompensa vem na forma de poder fazer coisas que o ser humano mediano não consegue fazer. Sem exaltação, você colhe os frutos das manhãs frias que calçou os tênis, vestiu o agasalho e saiu para treinar enquanto outros resolveram ficar “mais 5 minutinhos” embaixo das cobertas.

Voltando aos “Nelsons”, sempre tem aquele babaca no seu escritório, na sua classe na faculdade ou até mesmo no seu prédio que gosta de apontar o dedo e dar a risadinha “há-há!” quando alguém toca no assunto corrida. Afinal, ele ou ela não tem a menor capacidade de fazer o que você faz, e por isso projeta em você a sua incompetência. Não me entenda errado, e se entender, volte ao segundo parágrafo e leia novamente, pois a sua capacidade não está no fato de correr ou fazer qualquer outro esporte, mas sim de ter a disciplina de enfrentar o rigor dos treinamentos, sacrificar alguns maus hábitos alimentares e especialmente saber o que é cumprir metas. Muita gente não tem capacidade de desenvolver esta disciplina, e por isso projetam em você a sombra da própria inaptidão.

Moderação de comentários

Ah como seria legal ter moderação de comentários ao vivo, como nos blogs! Frequentemente ouço comentários idiotas do tipo “Que academia você faz? Preciso saber, pois lá não me matriculo, não faz efeito...”. Qual o efeito esperado de uma academia? Emagrecer? Tem que ser muito burro para achar que academia faz efeito sem reeducação alimentar! No meu caso, o efeito é poder desenvolver estrutura para fazer o que gosto, correr, de preferência distância insanas como os 42 Km de uma maratona. Já não estou mais na idade de emagrecer de uma hora para outra, mas sim na idade de reforçar a musculatura para aguentar os trancos, ou a aposentadoria nesta área vai chegar mais cedo. Portanto, estes “Nelsons” não entendem p... nenhuma do que estão falando, ou se entendem, pior ainda, fazem para ofender.

Não vou dar uma de psicólogo, já que não é minha área, o post na verdade é para te incentivar a dar bordoadas nestes paspalhos, afinal, você sabe o valor do seu treino. Olhe aquelas medalhas penduradas no quadro, os números de peito que você guarda ou prega pela casa, os tênis sempre na posição de “vamos correr, papai?” lá no seu quarto ou qualquer outro incentivo. E lembre que os “Nelsons” estarão sempre puxando a coberta e pensando “mais 5 minutinhos, tem que ser louco para sair daqui neste frio”. Sim, você é louco.

Mas se você chegou até aqui na leitura, merece levar de presente e distribuir para os “Nelsons” a seguinte frase que eu li outro dia na internet (e que é uma porrada e tanto, então espere o momento certo para dar, quando tiver outras pessoas por perto):


O LEÃO NÃO PERDE O SONO COM O COMENTÁRIO DAS OVELHAS!

e o cara poderia dormir sem essa...




P.S.: Olha, não me leva a mal se você se chama "Nelson", é só uma referência ao personagem dos Simpsons...

20 comentários:

  1. Analogia sensacional, Rinaldo, parabéns por ela. Lembrando que os "Nelsons" também estão DENTRO das próprias corridas. A maior parte é bacana, mas sempre tem aquele que, porque corre um minutinho a menos que você por quilômetro, se acha o próprio Patrick Makau. O esporte seria melhor sem eles. Mas a gente tolera assim mesmo.

    Abraço e até as 24 horas na pista (ou parte delas)!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo, tem "cara" (e "mina" também, no linguajar paulistano) que se acha o máximo e quer sair atropelando todo mundo. Recebe a medalha e a banana como todos os demais e ainda fica com panca de queniano.

      Abraço e te vejo lá em alguma parte das 24 horas!

      Excluir
    2. Ótima observação ao dois! Mas os "Nelsons" fazem parte da espécie humana. Como Namiuti disse, eles estão dentro das corridas tb, e muitas vezes até mais chatos...

      Excluir
    3. Pois é, Daniel, eles existem em todos os cantos do planeta, o jeito é conviver com essas "peças". A inveja não é tanto do que os corredores fazem, mas da disciplina de levar alguma coisa até o fim, algo que muita gente não tem capacidade.

      Abraço!

      Excluir
  2. graças à Deus,não encontrei nenhum "Nelson" nessa minha "nova" caminhada,pelo contrário,encontrei apoio de muitos,inclusive de quem não conheço pessoalmente e nunca conheceria se não tivesse começado a correr,como é o caso do Fabio Namiuti,que mesmo sendo "amigo" via internet me deu a "maior" força no meu primeiro 10Km.Espero não encontrar com "Nelson" pelo caminho.Acabo de conhecer mais um "amigo".muito prazer!Filomena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Filomena, muita sorte na sua "caminhada" (que já deve ser "corrida") e pode contar com o apoio dos amigos virtuais. Infelizmente encontramos estes tipos sem noção todos os dias, mas o jeito é estar sempre preparado para dar um resposta cínica e que atinja o alvo em cheio, sem apelar para as baixarias.

      Boas corridas!

      Excluir
  3. Adorei! Todo dia eu provo para uma dúzia de Nelsons, que sim, eu estou em outro patamar. Sim, sou louca de disciplinada e sim, vou correr uma maratona um dia. E isso é tão bom!

    Boas corridas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí Valérie, deixar este povo comendo poeria (e os próprios comentários) não tem preço! E você já tem os 2 ingredientes essenciais para ser uma maratonista: loucura e disciplina!

      Boas treinos!

      Excluir
  4. Adorei esse post, tá excelente Rinaldo quase um desabafo, odeio os Nelsons me incomodo com eles, ainda não consegui ignora-los eles realmente me interferem na minha corrida, não que esteja buscando a aprovação e aceitação das pessoas é que é difícil sair imune as críticas por mais forte que você seja.
    Boa frase para usar com eles. Apesar de a distancia ser o que funciona para mim, as vezes os Nelsons estão fantasiados de "amigos" e ai a decepção é grande.
    Bons Km´s Rinaldo
    Tudo de bom
    Beijos
    Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu realmente não ligo para as críticas, não estou lá para impressionar ninguém. Mas como você disse, estas pessoas se fantasiam de amigos e depois tentam ofender. Realmente, não dá para chamar de "amigos", são apenas "conhecidos".

      Boas corridas!

      Excluir
  5. Fenomenal... Tenho me batido com uns Nelsons por aí, daí estou escondendo minhas metas a curto prazo das redes sociais para eles morrerem de curiosidade e ver que cada um entende treinamento e esforço a sua maneira e que não vale quem não faz por merecer seus RPs ou longas distâncias ficar discutindo com quem se doa a essas "provinhas" que nos prestamos a fazer!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, então somos dois, pois eu também não estou divulgando tudo o que faço. É uma pena, pois tem muita gente que daria o maior apoio, mas como você disse, os "Nelsons" estarão lá pra te cobrar resultados (que muitas vezes nem você mesmo se cobraria).

      E não tem essa de provinha não, 5 Km deve ser tratado com tanto respeito quanto Maratona, o que importa é a conquista pessoal.

      Bons treinos!

      Excluir
  6. Falou tudo Rinaldo...

    É esse tipo de ser que eu quero manter distancia, mas quando não conseguimos evita-los como por exemplo no trabalho ou faculdade o jeito é tentar não cair na "ironia" deles... ou retrucar com a mesma ironia que eles usam pra nos atingir.

    Leio seu blog sempre que posso. Sempre tem grandes informações preciosas, parabéns pela dedicação....

    Talvez nos vemos na Corrida 24 horas na Pista.
    Abraço. Sucesso Sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também uso da ironia de vez em quando, mas aprendi que o melhor é ficar de boca fechada. Quem não está interessado em entender o mundo das corridas, geralmente tenta fazer pouco caso de nós.

      E obrigado pela leitura do blog, ele foi criado exatamente para que possamos trocar informações.

      Abraço e bons treinos!

      Excluir
  7. Salve Rinaldo.
    Caramba, como encontro Nelsons por aqui. É incrível.Miuto obrigado por seu post, por sua coragem e incentivo.
    Podemos sim transformar o nosso redor. Comecemos por nós, nos fortalecendo.
    Sucesso e felicidades!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiz, tem Nelsons aí também? Pensei que era só aqui...

      É o que diz a frase, "não perder o sono com o comentário das ovelhas", quem nunca calçou o tênis para enfrentar um treino ou prova não tem nada a nos acrescentar.

      Abraço e boas corridas!

      Excluir
  8. Bom post, gostei. Já me deparei com muitos "nelsons" mas atualmente seleciono um pouco mais com que ando e com quem converso. Minhas companhias de treino e provas já estão mais velhos como eu e portanto as conversas , objetivos e metas mudaram. A proposta é terminar bem, sorrindo, com alegria.

    Um abraço
    Luis Augusto
    www.lazerecompeticao.blgspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vou pelo mesmo caminho, só converso sobre o assunto com quem se interessa e respeita. Mas geralmente tem algum babaca por perto para meter o nariz e fazer pouco caso (como disse, gente que não tem capacidade de concluir nada).

      Boas corridas!

      Excluir
  9. Respostas
    1. Calma Estivison! Um dia da caça outro do caçador, de vez em quando precisamos destas "peças" para servirem de motivação (e dar uma pisadinha de leve neles!)

      Bons treinos, sem matar ninguém!

      Excluir