segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Correndo e nadando na Virada Esportiva 2013

Para quem gosta de praticar atividades físicas, que tal mais de 30 horas ininterruptas com todas as modalidades possíveis e o melhor de tudo, de graça? Colegas de outros municípios, incentivem seus governantes a “copiarem” o formato da Virada Esportiva, que já é parte do calendário da cidade de São Paulo e que esperamos ter vida muito longa.

Dos que se aventuram a ficar pendurados na tirolesa do Vale do Anhangabaú aos que enfrentam pedaladas noturnas, não tem como uma pessoa não-sedentária ficar parada no final de semana do evento. Neste ano, aproveitei para participar novamente da Corrida 24 Horas na Pista e da Travessia Guarapiranga. Pois é, eu estava meio preguiçoso...

Rodando não, “ródando” (como diria o Raul)

Eu já havia decidido no ano passado, ao participar desta prova, que neste ano iria para ficar as 24 horas, com barraca e tudo. Mas, como você verá ao final deste post, não era uma boa ideia forçar demais, então usei o evento apenas como treino, muito mais divertido do que correr sozinho na rua, naturalmente.

Começando às 14:00 da tarde do sábado, debaixo de um sol de rachar os bonés, os corredores rodaram pela pista do PET (Parque Esportivo dos Trabalhadores) até as 14:00 do dia seguinte. Conferi o evento no período noturno, pouco depois do pôr-do-sol, ainda com clima abafado do dia quente. Rodar 400 metros é fácil, quero ver você fazer isso repetidas vezes. No meu caso, rodei uns 10 Kms, o suficiente para justificar a participação no evento.

Quer ver como é uma corrida em pista? Clique no vídeo e curta um pouco:


Entrando numa fria

O sábado ensolarado prometia um domingo mais quente ainda. Mas para surpresa de todos, o dia amanheceu nublado e chuvoso. Inscrito na Travessia Guarapiranga, prova excelente que já havia participado em duas outras ocasiões, não teve jeito, coloquei a roupa de neoprene na mala e atravessei a cidade até o local da prova.

Quem se arriscou e entrou na água só de sunga ou maiô, logo de cara sentiu o gelo que estava a gigantesca área da represa. Alguns optaram por não fazer esta aclimatação, e digamos, dançaram. Dada a largada, os nadadores seguiram para a água e o festival de interjeições, exclamações e apelo às entidades divinas começou por todos os cantos, dada a baixa temperatura onde teriam que nadar. Confira a largada da prova:


Não tem jeito, já estou aqui mesmo, vou aproveitar para dar umas braçadas. O bom de usar a roupa de neoprene é a retenção do calor, além da flutuabilidade melhorada, o que usa menos energia. Após 22 minutos e alguns segundos, missão cumprida, mais 1.000 metros para a conta.

Mas porque não fazer uma única prova e fazer direito, tipo, ficar as 24 horas lá na pista? Simples, é hora de mais uma maratona...


Maratona Caixa de Santa Catarina

O último grande desafio do ano (mas não o último desafio) é na próxima semana, daí seria desgastante rodar mais do que a distância prevista. Resumindo, o tal “polimento”, mesmo que a lataria ainda apresente sinais de ferrugem.


Parabéns à Prefeitura de São Paulo. Posso não concordar com muita coisa nas últimas administrações públicas da cidade, mas a manutenção da Virada Esportiva é algo que torcemos para que continue sempre presente.


12 comentários:

  1. Caramba !!!! Tem muita coisa para tão pouco tempo. VAleu a dica !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, com certeza, o mais legal é ver as pessoas saírem de frente da TV e do micro e irem para a rua praticar atividades que gostam.

      Boas corridas!

      Excluir
  2. Parabéns Rinaldo por mais duas no currículo.

    Estive na Corrida 24 horas na tarde de Sábado, sai direto do trabalho para lá, devido o cansaço e outros compromissos noturnos não pude ficar por lá muito tempo, acho que rodei uns 10 km tbm, menos do que o planejado, mas espero poder participar outras vezes e ficar mais tempo.

    Como você ressaltou esses eventos não pode jamais sair do calendário da cidade.

    Boa Prova em Santa Catarina.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Vagner! O formato da prova é muito legal, o corredor escolhe o quanto vai correr e missão cumprida.

      Vamos torcer para que a Secretaria de Esportes mantenha o evento no calendário para os próximos anos.

      Bons treinos!

      Excluir
  3. Parabéns Rinaldo, importante estar ai de novo renovando a medalha, sinal que anda fazendo as coisas certas !!! Dificil é o transito ... Estou na torcida na Maratona de Santa Catarina ....força nas pernas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu vizinho! Aguarde relato de Santa Catarina e boa sorte lá em Curitiba (este ano não vou mesmo, data muito próxima!)

      Abraço!

      Excluir
  4. Um maravilhoso evento, parabéns, amigo !

    ResponderExcluir
  5. Bacana o evento mesmo Rinaldo, fico imaginando a interação entre os atletas e as modalidades, deve ser ótimo, boa sorte nos últimos desafios do ano espero que corra tudo bem. Bons treinos
    Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, bem bacana, outras prefeituras poderiam seguir o exemplo e incentivar a prática de atividades físicas, nem que seja por 2 dias como neste caso.

      Bons treinos!

      Excluir