quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Tênis Skechers GORun2: testado e aprovado!

O assunto correr descalço ou com tênis minimalista lota as páginas de revistas de corrida e as prateleiras das lojas de esporte já há algum tempo, e naturalmente desperta a curiosidade do corredor. Será que é para mim? Com este modelo eu vou voar no asfalto e bater meus recordes? Está homologado? Para o vendedor da loja com certeza todas as respostas são afirmativas, mas você quer mais dados, afinal, não existe bicho mais detalhista que corredor, correto? Esta última pergunta faz o vendedor da loja ficar com cara de interrogação.

E para saciar a minha curiosidade sobre o assunto, a Skechers enviou-me o modelo GORun2™, um tênis minimalista de última geração e com muita tecnologia “embarcada”. Apesar de muitos acharem que tecnologia nestes produtos é modismo, não se pode negar que um equipamento bem produzido a partir de estudos concretos com certeza atenderá melhor o consumidor. Foi-se a época em que Bill Bowerman detonava a máquina de waffle da esposa para produzir um solado mais macio para seus corredores do Oregon, o negócio agora é usar a ciência para gerar algo que agrade e seja eficiente.

Sobre o modelo

As informações a seguir foram enviadas pelo próprio fabricante:

O Skechers GOrun2™ é a nova geração de uma série de calçados de corrida minimalista. Projetado com inovadoras tecnologias que promovem uma pisada com o médio pé e pesando apenas 190 gramas. O Gorun funciona como um excelente tênis de transição para aqueles que procuram uma experiência de corrida descalça.

Nesta nova versão houve uma redução na pressão no arco do pé em comparação com o GOrun, proporcionando mais estabilidade. Além disso, fios de malha flexíveis entrelaçados em quatro direções, novas texturas e malhas mais resistentes projetadas para dar mais flexibilidade e proteção para os pés.


Mais detalhes nesta página do produto:
GORun2 Designed for Speed

Testando o produto

Todo e qualquer tênis, no meu caso, é sempre testado em esteira, de preferência sem ser aqueles dias de treinos específicos. Resumindo, rodar um pouco com o modelo, sem muito compromisso com metas e em uma superfície relativamente macia. A primeira impressão era de um solado bem rente ao chão, mas sem dar a sensação de estar descalço. Na etiqueta que vem junto do tênis é sugerido que se quiser ir mais “mínimo” ainda, a sugestão é não usar a palmilha, mas como eu gosto do amortecimento e aderência deste item, não dispensei o uso.

Foram 4 Km bem confortáveis, pena o horário apertado do dia do teste, senão até rodaria um pouco mais. Na mesma semana, como já relatado anteriormente, o teste de campo aconteceu no Circuito da Longevidade, onde o modelo ainda brilhando de novo enfrentou o
asfalto por 6 Km. Também enfrentou uma enxurrada de água que jorrava de uma adutora rompida no calçamento, e por sorte não ficou manchado. Cores vivas, atraiu diversos olhares curiosos, e não fez feio na corrida.

A sensação de estar com um modelo mais leve é evidente, não tem como não sentir que os pés estão mais ao natural. Claro que tudo depende de um pouco de adaptação, mas o modelo agradou bastante, acredito que será uma alternativa aos tênis mais pesados em alguns momentos. Uma alternativa bem confortável e bonita, diga-se.

Detalhes tão pequenos de nós dois

Muito se fala em cortar custos de produção, reduzir gastos e especialmente, tirar tudo o que não faz falta ao produto. Não foi bem isto que aconteceu no caso do Skechers GORun2™. A primeira impressão foi muito boa: ao abrir a caixa me deparei com um produto muito bem embalado, que continha folhetos explicativos do modelo e dos demais da linha, um segundo par de cadarços em uma cor compatível com os detalhes, palmilha separada do tênis e um molde em papelão que impedia a deformação do produto. Qual a dificuldade dos demais fabricantes em entregar um par de tênis com este tipo de cuidado?

Em resumo

Tendo já participado de dois eventos da marca recentemente (Desafio 24 das Capitais e Experiência de Corrida Skechers), faltava apenas testar o produto. E só posso dizer que foi totalmente aprovado! Tenho e já tive diversos tênis das marcas mais conceituadas do mercado, e a Skechers passa a fazer parte do meu “arsenal” de corrida.

Agradecimentos à XComunicação e à Skechers pela oportunidade de testar o modelo!

10 comentários:

  1. Bacana, Rinaldo. Bom e bonito. Gostaria de entrar para o seleto grupo dos testers também. Vai que cola... ;-)

    Abraço, bom final de semana e boas corridas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha lá, o fabricante está acompanhando este post e você é bem conceituado!

      Abraço e a gente se vê nas próximas corridas!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Opa, bom saber que conquistou outros fãs!

      Excluir
  3. Tentei correr com o minimalista e senti muitas dores no pé, acho que faz parte do processo de fortalecimento, uma coisa certa e visível foi a alteração na pisada, ainda treino com ele as vezes, mas prefiro o conforto de um pouco de amortecimento.
    Bacana as informações.
    Bons treinos
    Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, este é um ponto muito importante dos modelos minimalistas: adaptação. Como eu disse antes, também experimentei um outro modelo e não gostei tanto, apesar de usá-lo até hoje de vez em quando.

      Eu estou em fase de adaptação ainda, primeiro esteira, depois prova curta e vamos ver até onde eu me adapto ao modelo.

      Bons treinos!

      Excluir
  4. Vou comprar amanhã, cara. Estou apaixonado por ele. Li mais umas dez críticas depois desse seu texto, é o minimalista menos agressivo para os corredores que só usam tenis com pelo menos 2 dedos de amortecimento... Ele é bem arquitetado mesmo. Tanto os barefoot runners como iniciantes no minimalismo ou ratos de treino de velocidade como eu se adaptam bem. Graças a seu pontapé inicial vou ter mais um tênis. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Usei hoje novamente na esteira e estou acostumando bem. Aconselho a você ir devagar, com certeza muda um pouco dos tênis com calcanhar elevado, mas é bem confortável.

      Boa sorte com seu novo tênis e passe aqui depois para deixar seu relato!

      Excluir
  5. Estou usando também o Skechers, EXCELENTE escolha para quem quer um tênis de qualidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou gostando bastante do meu, muda um pouco o estilo de pisada, mas é só respeitar o período de adaptação.

      Sobre a qualidade, concordo, muito boa mesmo!

      Bons treinos!

      Excluir