segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Corrida Internacional Cidade de Guarulhos: excelente!

Sabe aquelas corridas em que você se inscreve e depois fica com a sensação “não deveria ter feito isso, precisava descansar”? Pois bem, esta foi uma situação do tipo, mas só dá para dizer que o esforço de levantar cedo em mais um domingo na sequência das outras provas foi muito bem recompensado. Quinta edição da Corrida Internacional da Cidade de Guarulhos, participei da primeira e deixei passar as outras três, resolvi voltar nesta mais por ter perdido a inscrição da prova do SESC que acontecia no mesmo dia do que pela vontade de correr.

Apesar de Guarulhos ser muito perto de casa, os últimos finais de semana foram cansativos, provas distantes, stress de trânsito para chegar e estacionar e o final do ano que se aproxima e já deixa todo mundo naturalmente cansado. O preço da inscrição vale a pena, R$ 35,00, kit simples (camiseta verde e amarela, sacolinha, chip
descartável, número de peito), mas é tudo que o corredor precisa. E ainda tenho que ouvir uma cabeça de ostra na fila da retirada dizer “mas que ‘pobrinnho’... e a medalha?”, sendo que o staff teve a paciência de explicar para a cidadã que só depois da prova. Tenha dó (tenha você, eu não tenho).

O percurso é o mesmo desde a primeira edição, saída da frente do Bosque Maia, longa reta de quase 4 Km pela Av. Paulo Faccini e retorno com um pouco de cotovelo para chegar aos 10 Km de trajeto. Muito semelhante ao percurso do EcoDuathlon, só que este possuía o retorno no Km 2, ou seja, poupando os corredores/ciclistas da insanidade de uma subida longa e interminável. Não acredita? Veja a altimetria...


O clima colaborou com nuvens e sol saindo apenas ao final da prova. Muita organização do staff, aliás, estão de parabéns pela eficiência na logística do evento. Para que você tenha uma ideia, cada staff utilizava um colete numerado, algo que nunca
tinha visto em provas! Ao final os pipocas eram convidados a passar pela lateral e grata surpresa, a medalha não era entregue junto com a banana, mas colocada gentilmente no seu pescoço! Sobre este assunto, tire o boné, facilita o trabalho da mocinha, não faça como eu que ficou tentando passar a medalha de qualquer jeito. Na véspera da prova o corredor recebia por SMS a indicação de seu número de peito, facilitando a retirada dos kits. Outro ponto positivo e um diferencial que ajudou muito.

Aqui se faz, aqui se paga (ou não se dorme)

Semana infernal, cheia de problemas e preocupações, temperaturas subindo e é claro, meu sono foi pro espaço. O resultado não poderia ser outro, cansaço acumulado é motivo de baixo desempenho, e aquela subidona cobrou seu preço. Terminei com 01:02:14, tempo confirmado também via SMS pela organização. Mas foi bom, afinal o máximo que fiz durante a semana que passou foi natação, então está razoável, não dá para cobrar recorde todo dia.

Ainda encontrei os colegas Leonardo do Pisando Por Aí e o Claudio Dundes, que estava lá para baixar o tempo (mas que não consegui acompanhar pelos motivos acima). Ainda consegui mandar um tchau para o colega Fábio Namiuti, mas no meio dos mais de 2.000 corredores foi difícil encontrá-lo após a prova. Muito bem revê-los, que isto se repita mais vezes!



Quem estava no evento também podia conferir a decoração de Natal do Bosque Maia, muito bem montada e que atraia a criançada para os bonecos do Papai Noel e companhia logo na entrada. E que pena que a barraquinha de churros não estava lá, quem tiver a oportunidade, vale a pena conferir (ok, depois você dá um trotinho no parque e está tudo certo).

Ao final da prova o próprio Prefeito da cidade comandou um sorteio muito animado onde foram distribuídas bicicletas e pares de tênis. A organização como um todo está de parabéns, a prova foi um sucesso, superou minhas expectativas e com certeza pretendo participar das próximas edições.

E dar o troco naquela subida, quem sabe...


8 comentários:

  1. Valeu, Rinaldo, bom te ver por lá, ainda que rapidamente. Parabéns por mais uma prova na temporada. Na próxima, quem sabe eu encaro os 10 km e a legendária subida. Fui mais uma vez só para os 5 (desta, com a desculpa de ter corrido outra de 6,4 km poucas horas antes).

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena que não deu tempo de conversarmos um pouco, mas a gente se vê nas próximas!

      Parabéns pelo duplo desafio, não importa a distância, correr mais de uma prova no mesmo final de semana não é para qualquer um!

      Abraço e bons treinos!

      Excluir
  2. Parabéns pela participação, amigo. Pois é, em meio a tantas intempéries, dificilmente você estaria cem por cento para a prova, infelizmente ... Mas é assim mesmo, afinal, trabalhamos e temos nossas rotinas. E conciliar treinos e corridas é bem complicado. Meu carinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pelo apoio, amiga! Ou trabalha ou treina, incrível como tem semanas onde é impossível ajustar as duas coisas. Mas como treino não paga contas...

      Boas corridas!

      Excluir
  3. E aí Rinaldo,

    Belo post, final de ano estamos cansados fisicamente e, não menos, mentalmente. Mas sempre vale acordar cedo e participar de mais uma !

    Abraços, bons treinos

    Rodrigo Augusto
    corridaderuams.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo, o cansaço é mais mental do que físico, senão nem levantava da cama para correr.

      Boas corridas!

      Excluir
  4. Gostei do relato, a prova realmente é boa e a subida, viche.... nem tentei corre-la. Foi bom te ver e aviso que não esqueci do passeio de bike até Mogi, só preciso acostumar minha bunda novamente aquele selim pornográfico. Outra, meu tempo no chip foi de 00:50:53, mesmo com o Enio recalculando o tempo pra mim, a cada andada minha, quase desisti do plano em três, mas valeu a pena, gostinho de vitória!!! um grande abraço do Claudio Dundes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal revê-lo e fico muito feliz que tenha completado seu objetivo! Eu realmente não estava em condições de acompanhá-los desta vez, mas nas próximas eu aperto o passo e sigo junto.

      Abraço e a gente se vê nas próximas!

      Excluir