terça-feira, 31 de dezembro de 2013

2013: nenhum desafio te deixa aonde te encontrou

Se fosse para ficar falando mês a mês, evento a evento, você ligava a TV e ficava assistindo algum dos especiais de final de ano. Então, ao invés de ficar entediando o leitor, aí vão os fatos que mudaram, alteraram, complicaram e sabe-se lá mais o quê a minha estória neste ano de 2013.

Olá amiguinho GPS!

Eu não sou muito ligado em tecnologia, apesar de trabalhar na área. Mas o tal GPS de repente apareceu em uma promoção com preço convidativo, então não resisti e comprei. Diversão total, é melhor do que ficar fazendo contas de cabeça a cada Km, e permite ver a evolução (ou o contrário) durante a temporada. Eu até passo os perfis para a web, mas não vejo muito sentido em ficar publicando todo e qualquer treino e corrida, seleciono os mapas mais interessantes.

...athlons...

Nenhuma insanidade neste último ano como o Iroman 70.3 do ano anterior. Mas sabe como é, apesar de caro, é sensacional trocar as modalidades no mesmo evento esportivo, então sempre que posso participo. Fiquei restrito às travessias aquáticas do Litoral Sul de SP e da Represa (Travessia Guarapiranga e Virada Esportiva). Mas a entrada do Eco Duathlon de Guarulhos no calendário foi muito bem vinda, prova boa, acessível e bem competitiva. Quem sabe em 2014 não pinta algo mais, digamos, desafiador...

Corta! (ou: Nem tudo dá certo o tempo todo)

Se em uma corrida de 5 ou 10 Km já pode dar alguma bobeira, imagine em uma maratona. No ano anterior havia chovido no Rio de Janeiro e a esperança era manter um bom ritmo neste ano, com ou sem água dos céus. Mas como eu disse no post da prova, o sol resolveu assistir a corrida (podia ter visto na TV!) e lá se vão meus planos. Terminei em frangalhos a minha 8ª. maratona, no vídeo de chegada é nítida a minha cara p... da vida, até o locutor do evento estranhou, mas o sentimento era aquele. Em compensação, A Maratona de Santa Catarina foi muito boa, dentro dos meus padrões.

Meias

Mas o que deixou muita gente feliz, eu inclusive, foi a quantidade de meias maratonas que rechearam o calendário 2013. Já disse várias vezes e repito, adoro esta distância, sempre tento encaixar estas provas na agenda, desafiadoras na medida certa e bem, não é qualquer um que encara os 21. Foram 5 ao longo do ano, e que venham mais nos próximos.

Parcerias e convites

Mesmo que eu revisasse todos os posts ia acabar esquecendo de alguém, então fica registrado aqui o meu agradecimento às empresas que convidaram para eventos esportivos, provas, caminhadas e
outros encontros relacionados à corrida. Também foi divertido vestir o crachá “Imprensa” na Ayrton Senna Racing Day, um destes muitos eventos convidados ao longo do ano. O blog, apesar de pessoal, procura trazer a informação aos que gostam de corridas & afins, foi gratificante ter este reconhecimento destas empresas.

Medalha! Medalha! Medalha!

E aí estão elas, mais 30 para a coleção. O quadro já não tem mais espaço, a maioria está guardada.

Mas além do dispositivo que exibe sempre a última, aproveitei um quadro de cortiça em papelaria e improvisei um display para os números, chips descartáveis, crachás, últimas medalhas, enfim, memorabilia de corrida (válido por 1 ano, agora é hora de zerar).


Meu dinheiro não é capim

Tenho que falar, doa a quem doer: não dá para entender o preço de inscrição de algumas provas. Eu sei que as prefeituras cobram alto pelo espaço público, afinal, você não paga impostos e não tem direito à usufruir de sua cidade. Mas em alguns casos é abusivo, tipo 3 dígitos para ganhar uma camisetinha xumbrega em um percurso vai-e-vem. Estou eliminando diversos eventos, mas não vou citar nomes aqui, corre quem quiser, eu tô fora.

A cereja do bolo

Todo ano tem algum desafio fora dos padrões. Neste ano, fui para uma Ultramaratona, ou seja, correr acima de 42 Km, o que já é por si só uma insanidade. Como não sabia se aguentaria o tranco, o jeito foi pegar uma prova de pista, onde seria fácil planejar descansos, alimentação e até pular fora se fosse o caso. Então, faz a conta aí: 400 metros de pista de atletismo X 125 voltas = 50 Km. Entendeu o termo “insano” agora?

Mi casa es su casa...

Durante o ano eu repeti várias vezes, me desculpei várias vezes, e de novo tenho que dizer: caros leitores que tem blogs, eu realmente queria ter lido mais seus textos, mas foi um ano complicado. Para que você tenha uma ideia, muitos posts demoraram até 3 dias para serem escritos e editados devido à falta de tempo. O motivo é um só, a mudança de trabalho e de horário de expediente criaram problemas de sono e quase de saúde em grande parte do ano. Mas agora os horários já estão ajeitados, vou retomar as leituras em breve, afinal, muito se aprende nestes blogs de corridas!

Números, eu quero ver números!

OK, a soma total de corrida (treinos, provas, fugindo de cachorro, etc.) deu um total de 1.022 Km percorridos. Achou muito? Não, não é, especialmente para quem se aventura em maratonas e afins. Mas eu também gosto de nadar e pedalar, além da chatice da musculação, então considere que a diferença está nas outras modalidades.

E 2014?

Alguns desafios já marcados, outros agendados. Por uma questão estratégica, no primeiro semestre não participarei de tantas provas. O motivo você saberá em breve, por enquanto estou operando em modo need to know basis por questões pessoais. Vai diminuir o número de coberturas de provas, mas quem sabe eu não consiga outros assuntos relacionados, resumindo, quem passa aqui não fica sem informação!


Eu desejo ao leitores excelentes Kms neste novo ano, no asfalto, na água, no pedal, em qualquer desafio que você se propor a enfrentar. Sinta-se especial por praticar atividades físicas, mas lembre-se você não é melhor que ninguém, apenas melhor do que o cara que era ontem.

Feliz 2014!

4 comentários:

  1. Parabéns pelo ano, Claudio!
    Aliás, preciso aprender a fazer uma foto das medalhas como a que vc faz! rsrs!
    E esta Night Run Twist? Não entendi o proposito dela. É da O2 e diferente do circuito Night Run?

    Abraços e feliz 2014!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu William! Na próxima corrida que a gente se ver eu te dou a receita de como fazer a foto da medalha...

      A Night Run Twist é um circuito novo, vai acontecer em diversas cidades e tem em alguns casos preços bem acessíveis. No Ativo.com tem o calendário completo.

      Grande abraço e feliz 2014!

      Excluir
  2. Ola, esse modelo da garmin funciona bem, pois existem alguns modelos deles com preços estratosféricos eu estou com vontade de comprar um mais acessível. Parabéns pelo 2013.
    Um abraço
    Laércio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Laercio, faz tempo que a gente não se cruza nas corridas! Sim, ele funciona muito bem, é simples (do jeito que eu gosto que sejam estas coisas) e o valor não quebra o orçamento.

      Um ótimo 2014 para você!

      Excluir